Estrela do K-Pop é encontrada morta aos 28 anos

A artista de k-pop Goo Hara foi encontrada morta este domingo (24) em sua casa em Seul, capital da Coreia do Sul. Segundo a Variety, a causa da morte permanece incerta e a polícia ainda não se pronunciou sobre o caso. Cantora tinha 28 anos.

Goo Hara foi integrante do grupo de pop sul-coreano Kara entre 2008 e 2015, quando ela lançou sua carreira solo. Ainda de acordo com a revista, a cantora tentou suicídio em março deste ano, depois de ser ameaçada por um ex-namorado de divulgar um vídeo dos dois em momento íntimo.

Em meio a disputa judicial entre eles, a agência de Goo Hara rompeu contrato com ela, que só assinou com outra empresa, a agência japonesa Ogi, em junho. Além da música, artista fez diversas aparições em séries e programas de televisão. Seu último single, Midnight Queen, foi lançado no último dia 13.

A artista era uma das melhores amigas de Sulli, cantora de k-pop que se suicidou em outubro, aos 25 anos. Sulli fez parte da banda f(x) de 2009 até 2015, quando saiu para focar na carreira de atriz, segundo ela mesma declarou. Mas, segundo a BBC, alguns fãs acreditam que a cantora deixou a banda por conta dos ataques que sofria online.

Atividade econômica cresce 2,3% no primeiro trimestre, diz BC

A atividade econômica no país registrou crescimento de 2,3%, no primeiro trimestre deste ano, conforme apurou o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), divulgado hoje...

Governo do Estado firma parceria para ampliar oferta de crédito aos microempreendedores baianos

O Governo do Estado concretizou cooperação técnica na tarde desta quarta-feira (12), por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e da Agência de...

Mutirão vai cadastrar pacientes com doenças crônicas para vacina contra Covid-19

Para facilitar o acesso das pessoas com as doenças crônicas (comorbidades) às doses da vacina contra Covid-19 em Salvador, a Secretaria Municipal da Saúde realizará nesta sexta-feira...

Ação na ilha de Paramana resulta em morte de líder da facção OP

Uma ação conjunta da 10ª Companhia Independente, Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) resultou, nesta...