Pronunciamento de Bolsonaro é genocida e atenta contra a saúde pública, diz Marta

A vereadora Marta Rodrigues, líder do PT na Câmara, disse que o pronunciamento de Bolsonaro em rede nacional é genocida e um crime de responsabilidade, pois atenta contra a saúde pública.

Para ela, as declarações demonstram seu nítido desprezo ao conhecimento científico e às recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), indo de encontro, inclusive, à posição de diversos partidos políticos, independentemente de coloração partidária.

“É de extrema gravidade termos um presidente que não compreende a necessidade de preservar a vida do seu povo em meio a uma grave pandemia que assola todo o mundo. È um discurso criminoso, que distorce declaração da OMS e continua a dizer da importância de salvar empregos, sugerindo que as pessoas saíam para trabalhar, no caso, as pessoas mais pobres e vulneráveis”, declarou.

Segundo a vereadora do PT, Bolsonaro tenta usar a desinformação em sua forma de comunicação, ao descredibilizar as informações da imprensa, que divulgam as determinações da OMS, do Ministério de saúde e de todos os órgãos internacionais.

“Ele demonstra mais uma vez sua política genocida e generalista, ao relativizar e comparar salvar empregos com vidas, desprezando o importante conhecimento científico que tem nos mostrado perigo do Covid19 e a importância do isolamento para diminuir a propagação do coronavírus”, disparou.

Últimas Noticias