Covardia contra moradora de Cajazeiras em ônibus é repudiada por vereador

Uma cena chocou a sociedade baiana após uma mulher ser agredida em um ônibus de Salvador por conta de uma tosse. A vítima, que estava sem a máscara, acabou expulsa do coletivo a pontapés e xingamentos. O caso aconteceu nesta quarta-feira (06/05) e o veículo fazia a linha Estação Pirajá x Mata Escura. Através das redes sociais, leitores do Informe Baiano disseram que passageira é moradora de Cajazeiras e trabalhadora.

O vereador Helio Ferreira frisou que as pessoas precisam manter a calma. “Eu repudio qualquer tipo de violência, principalmente nos coletivos da cidade. Precisamos tomar atitudes que resolvam o problema. Protocolei um projeto para que motoristas e cobradores recebam máscaras com o objetivo de fazer a distribuição nos ônibus da cidade. Se isso já estivesse acontecendo não existiriam cenas como essa”, comentou.

Como a vítima não usava a proteção, os passageiros entraram em pânico, achando que a mesma estava com coronavírus. “Isso não justifica qualquer tipo de agressão. As imagens mostram que a prefeitura precisa agir e começar a distribuição dos equipamentos de proteção para a população carente”, destacou Helio Ferreira.

Últimas Noticias

Valores cobrados pelas placas de veículos são fixados pelo Detran

Já está valendo a uniformização de preços cobrados pelas empresas de confecção de placa de identificação veicular (PIV), em...