Feminicida de Santa Inês tenta fugir de cerco policial e morre em Cravolândia

Um homem de 42 anos morreu na terça-feira (13/05), na cidade de Cravolândia, após tentar fugir de um cerco policial promovido pela Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE-Central). Ele era procurado pelo feminicídio de Jaci dos Santos, 40.

De acordo com a fonte do Informe Baiano, Antonio Carlos dos Santos, conhecido como Deda, matou a esposa a facadas em Santa Inês, na segunda-feira (11/05), dentro da residência. O crime comoveu a região e um grupo de mulheres chegou a fazer um protesto nas ruas da cidade.

A incursão que localizou o criminoso aconteceu por volta das 11h, no povoado do Riacho Fundo. Deda, de acordo com a polícia, percebeu o cerco realizado pelas guarnições e invadiu uma residência pela janela dos fundos. Os policiais determinaram que o bandido saísse, mas não foram atendidos. Em seguida, ao entrar no local, o feminicida foi encontrado caído ao solo, com cortes na jugular e de posse de uma faca de cozinha. A ocorrência foi registrada na delegacia da cidade.

Últimas Noticias

Sesab suspende visitação em unidades estaduais por conta da pandemia

O Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) atualizou as Notas Técnicas que trazem orientações sobre o funcionamento...