Após crítica de Bolsonaro, demissão de Weintraub é dada como certa

O presidente Jair Bolsonaro reconheceu ontem que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, se tornou um “problema” no governo e passou o dia tentando encontrar uma solução para demitir o auxiliar sem arranhar sua base de apoio. Após se reunir ontem com o ministro no Palácio do Planalto, Bolsonaro o manteve no cargo, mas integrantes da ala militar e aliados políticos insistem que seria importante o presidente substituir o titular da Educação numa tentativa de pacificar a relação com o Supremo Tribunal Federal.

O ministro tem acumulado polêmicas e, no fim de semana, voltou a criticar integrantes da Corte em ato de bolsonaristas na Esplanada dos Ministérios.

“Eu acho que ele (Weintraub) não foi muito prudente em participar da manifestação, apesar de não ter falado nada de mais ali. Mas não foi um bom recado. Por quê? Porque ele não estava representando o governo. Ele estava representando a si próprio. Como tudo o que acontece cai no meu colo, é um problema que estamos tentando solucionar com o senhor Abraham Weintraub”, afirmou Bolsonaro em entrevista à BandNews TV quando questionado sobre a ida do auxiliar ao ato.

O argumento dos que defendem a demissão é de que o ministro é um gerador de crises desnecessárias em um momento em que o presidente, pressionado por pedidos de impeachment, inquérito e ações que pode levar à cassação do mandato, tenta diminuir a tensão na Praça dos Três Poderes.

Prefeitura prossegue com contratação imediata para médicos do Samu

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), segue com o credenciamento imediato de médicos em regime pessoa jurídica (PJ), através de chamamento público, para atuação...

Caso Lázaro: serial killer de Brasília teria invadido chácara e furtado alimentos

O serial killer de Brasília Lázaro Barbosa continua provocando pânico e sendo caçado pela polícia. Na madrugada desta terça-feira (22/06), ele teria invadido uma chácara, em Águas...

Anvisa nega autorização de uso emergencial do Avifavir para covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) negou hoje (22) o pedido de autorização temporária para uso emergencial do medicamento Avifavir (Favipiravir) no tratamento antiviral de pacientes...

Uma sobremesa rápida de fazer: Mousse de iogurte e leite condensado

Sim, leu bem. Só precisa de 10 minutos para preparar esta deliciosa mousse de iogurte e leite condensado. Ingredientes 2 folhas de gelatina 1/2 lata leite condensado 2 iogurtes de...