Professora de 64 anos morta durante tiroteio entre facções em Monte Gordo

A professora Everaldina Vieira dos Santos, 64 anos, foi atingida por uma bala perdida no último sábado (18/07), no distrito de Monte Gordo, na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador. A vítima foi socorrida para uma unidade médica e morreu na noite de segunda-feira (20/07), por volta das 22h30.

Em nota, o Sindicato dos Professores e Professoras da Rede Pública Municipal de Camaçari (Sispec) lamentou a morte e informou que facções criminosas trocaram tiros durante uma festa de paredão em um bar. O crime ocorreu na Rua Direta de Coqueiro de Monte Gordo.

Veja abaixo a integra do comunicado:

“O Sispec manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento da professora Everaldina Vieira, aposentada da rede municipal de Camaçari, que atuou vários anos como educadora e gestora da Escola São Salvador, em Coqueiro de Monte Gordo.

A professora foi atingida por disparo de arma de fogo durante um tiroteio entre facções criminosas no distrito de Coqueiro de Monte Gordo, onde morava. O fato ocorreu na noite de sábado, 18/07, numa festa de paredão num bar da localidade. A professora foi hospitalizada, porém seu quadro se agravou e ela veio a óbito.

Pró Everaldina era muito querida por toda a comunidade, que está chocada com a violência e suas trágicas consequências. Solidarizamo-nos com familiares, amigos e amigas da educadora. Que Deus conforte o coração de todos neste momento de dor e luto.”

Últimas Noticias

Vereador que tentou desobrigar uso de máscara morre de Covid-19

O vereador de Uberlândia, no estado de Minas Gerais, Thiarles Santos, 34 anos, morreu nesta sexta-feira (17/09), em decorrência...