Policial civil agredido em frente a Igreja Universal do Iguatemi

O investigador conhecido como Arnoldo, lotado no Grupo de Repressão a Furtos e Roubos a Coletivos (GERRC) foi agredido com uma pedrada no início da noite desta quinta-feira, em frente a Igreja Universal, no Iguatemi. Inicialmente circulou a informação que tratava-se de troca de tiros, mas não procede.

O policial civil, que tem larga experiência no combate ao crime e é chefe do Serviço de Inteligência, foi atacado pelo marginal, que foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes. Arnoldo foi socorrido para o Hospital da Bahia e não há informações sobre o seu estado de saúde. Militares e civis estão em busca dos criminosos.

Denúncias ajudam Batalhão de Choque nas prisões de dois traficantes

Informações enviadas ao Disque Denúncia (3235-0000) da SSP ajudaram o Batalhão de Choque nas prisões de dois traficantes, no Complexo do Nordeste de Amaralina. Os flagrantes ocorreram...

92a CIPM apreende produtos avaliados em R$ 10 mil

Equipes do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) da 92a Companhia Independente dal Polícia Militar (CIPM) apreenderam, na quarta-feira (2), produtos avaliados em cerca de R$ 10...

Limpeza no Nordeste de Amaralina: oitavo integrante do Comando Vermelho é localizado

A operação deflagrada pelas polícias Militar e Civil, no Complexo do Nordeste de Amaralina, localizou na tarde desta quinta-feira (05/12), o oitavo integrante da facção Comando Vermelho...

PF prende sete investigados da Operação Overload

A Polícia Federal (PF) cumpriu hoje (3) em Campinas sete mandados de prisão preventiva, expedidos no âmbito da Operação Overload, que apura os crimes de tráfico internacional...