Policial civil agredido em frente a Igreja Universal do Iguatemi

O investigador conhecido como Arnoldo, lotado no Grupo de Repressão a Furtos e Roubos a Coletivos (GERRC) foi agredido com uma pedrada no início da noite desta quinta-feira, em frente a Igreja Universal, no Iguatemi. Inicialmente circulou a informação que tratava-se de troca de tiros, mas não procede.

O policial civil, que tem larga experiência no combate ao crime e é chefe do Serviço de Inteligência, foi atacado pelo marginal, que foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes. Arnoldo foi socorrido para o Hospital da Bahia e não há informações sobre o seu estado de saúde. Militares e civis estão em busca dos criminosos.

Últimas Noticias

Anvisa proíbe uso do fungicida carbendazim em produtos agrotóxicos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou hoje (8) por unanimidade a proposta de Resolução da Diretoria Colegiada...