Sindicato estima que 80% das autoescolas já reabriram

Foto:Bruno Concha – Secom

Um dia depois de a Prefeitura autorizar a retomada dos atendimentos presenciais das autoescolas em Salvador, cerca de 80% estabelecimentos pertencentes ao setor já estão com as portas abertas para a realização das aulas práticas (as teóricas só no modo virtual). Segundo o Sindicato das Autoescolas e Centros de Formação de Condutores do Estado da Bahia (Sindauto), a expectativa é que, até o início da próxima semana, todos os 64 estabelecimentos filiados à entidade estejam em pleno funcionamento.

Hoje (26), a força-tarefa da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) vistoriou 20 autoescolas em relação ao cumprimento do protocolo de segurança e proteção à vida. Os fiscais estiveram na Estrada das Barreiras, Narandiba, Pituba, Cajazeiras, Castelo Branco, Pau da Lima, Imbuí e Itapuã, sem a identificação de irregularidades.

“Vamos cumprir com rigor as regras. Nem todas as autoescolas conseguiram retornar ontem (25) e hoje (26) porque estão se organizando para atender ao protocolo de segurança, a exemplos de colocação de sinalizações de distanciamento. Acreditamos que 100% das unidades reabram até a próxima segunda-feira (31)”, afirma o presidente do Sindauto, Wellington Oliveira.

Processo suspenso – O sindicato calcula que 15 mil pessoas tiveram processo de habilitação suspenso em Salvador por conta da pandemia. A retomada das autoescolas acontece após cinco meses de atividades suspensas por conta das medidas restritivas para conter a disseminação do novo coronavírus. O segmento se juntou a outras categorias contempladas no plano de reabertura da economia na capital baiana, que estabelece protocolos de segurança que devem ser seguidos e que são fiscalizados pela Sedur.

“Desde março, as autoescolas estavam com faturamento zerado. Mas esperamos ter uma demanda crescente nos próximos dois meses. Muitos alunos tiveram processos, como aulas teóricas, práticas ou exames, paralisados. Em abril, repassamos a todos os empresários um plano de ação para a retomada, que envolveu implantação de equipamentos de segurança para evitar a proliferação da Covid-19”, diz Wellington.

Confira parte do protocolo setorial para as autoescolas:

– Aulas teóricas apenas por meio virtual.

– Aulas práticas podem ocorrer de segunda a sábado, das 10h às 19h.

– No agendamento das aulas práticas, o aluno deve informar se apresentou algum sintoma compatível com Covid-19 nos últimos 14 dias ou manteve contato com pessoas identificadas ou suspeitas de estarem infectadas com a doença. Em caso afirmativo, o agendamento deve ser adiado por, pelo menos, 14 dias.

– A temperatura dos instrutores e dos demais funcionários deve ser aferida diariamente, antes do início das atividades. Caso alguém apresente temperatura igual ou superior a 37,5°C, ou sintomas de gripe, precisa ser afastado provisoriamente do trabalho para avaliação médica.

– O leitor biométrico deve ser higienizado com álcool isopropílico após cada uso.

– As aulas práticas precisam ser realizadas com apenas um aluno por veículo, mantendo-se os vidros do veículo abertos, sendo vedado o uso de ar-condicionado.

– O instrutor e o aluno devem utilizar máscaras durante toda a aula prática, sendo que o instrutor, além da máscara, também tem que usar face shield.

– Deve ser disponibilizado álcool em gel 70% em todos os veículos.

– Volante, câmbio, freio de mão, maçaneta, espelhos retrovisores, cintos de segurança, tablets e todos os outros pontos de contato nos veículos precisam ser higienizados antes e após cada aula prática.

– Para aulas com motocicletas, fica proibido o empréstimo ou compartilhamento de capacetes e quaisquer outros equipamentos.

Mourão: Sempre haverá desmatamento; se tem 100 hectares, você pode desmatar 20

O vice-presidente Hamilton Mourão disse ontem, 4, que "sempre haverá desmatamento" na região amazônica. Ele justificou que a legislação permite a exploração de até 20% de terras...

Organizador de orgias na Bélgica diz que políticos de nove países vão às suas festas

O organizador de festas sexuais durante a pandemia em Bruxelas, na Bélgica, Dawid Manzheley, de 36 anos, afirmou que políticos de nove países são frequentadores assíduos das...