Norma da Receita Federal agiliza importação de vacinas contra covid-19

As vacinas contra covid-19 foram incluídas na lista de produtos com importação facilitada. Em instrução normativa publicada hoje (31), no Diário Oficial da União, a Receita Federal definiu que as vacinas fazem parte da lista de mercadorias sujeitas a entrega antecipada, devido à emergência de saúde pública.

Em nota, o órgão explicou que as vacinas “poderão ser entregues ao importador antes da conclusão da conferência aduaneira, enquanto permanecer a situação de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional decorrente da doença causada pelo novo coronavírus.”

“O objetivo da medida é manter um fluxo rápido de abastecimento de bens, mercadorias e matérias-primas destinadas ao combate à pandemia, mediante a agilização da entrega da carga e permissão de sua utilização”, acrescentou.

Saúde compra 20 milhões de doses da vacina indiana Covaxin

O Ministério da Saúde assinou nesta quinta-feira (25) contrato para compra de 20 milhões de doses da vacina Covaxin da Precisa Medicamentos/Bharat Biotech. O investimento total foi...

Recorde de mortes por Covid-19 no Brasil

O número de pessoas que não resistiram à covid-19 chegou a 251.498 nesta quinta-feira. Em 24 horas, foram registradas 1.541 mortes. Em contrapartida, 9.323.696 pessoas se recuperaram...

Bahia ganha do Santos e garante última vaga da Sul-Americana

O Bahia ganhou do Santos na noite desta quinta-feira (25/02) na Arena Fonte Nova e termina o campeonato brasileiro na 14a posição com 44 pontos. Com o...

Flamengo é octacampeão brasileiro

O Flamengo perdeu para o São Paulo no Morumbi na noite desta quinta-feira (25/02), mas graças ao empate do Inter diante do Corinthians, garantiu o título brasileiro....