Prefeitura Municipal de Savaldor

Em mensagem à Câmara, Bruno Reis anuncia entrega de mais de 30 grandes obras para 2024

O prefeito Bruno Reis anunciou pelo menos 20 grandes obras com entrega em 2024, durante a leitura da mensagem do Executivo na abertura dos trabalhos da Câmara Municipal, nesta sexta-feira (2). O Hospital Maternidade e da Criança, o trecho do BRT até a Lapa, a segunda etapa do Mané Dendê, a Arena Multiuso, a requalificação do Elevador Lacerda e o primeiro Hospital Veterinário da cidade estão entre as muitas intervenções da Prefeitura para este ano.

Na mobilidade, além do trecho do BRT até a Lapa, estão previstas obras em terminais viários no Mané Dendê, Calçada e Barradão, além de grandes intervenções, como o Poeirão em Boa Vista de São Caetano, vias complementares da Rótula do Abacaxi, o viaduto direcional Iguatemi-Detran e o viaduto do retorno Detran-Corpo de Bombeiros.

A cidade ganhará duas grandes unidades de saúde: o Hospital da Criança com Maternidade e o Hospital Vascular do Homem. Também serão implantados Centros de Reabilitação de Cajazeiras, Mussurunga e Bairro da Paz. “Achavam que a Prefeitura não tinha condições de ter um hospital. Estamos indo para o terceiro. Perpetuamos o legado de dinamismo e criatividade em saúde que a pandemia nos deixou. Passadas as urgências da covid, criamos novas respostas para a demanda reprimida por procedimentos”, afirmou o prefeito.

Também será inaugurado o Hospital Veterinário Municipal, em Canabrava. Com investimento de R$ 14 milhões, a unidade terá dois pavimentos (térreo e primeiro andar), em uma área de aproximadamente 1,4 mil m², com mais de 70 leitos para acolher cães e gatos domésticos, seja de tutores independentes ou ONG’s. O atendimento eletivo vai ofertar uma média de 50 acolhimentos diários com médico veterinário clínico. As obras do hospital já entraram na reta final de conclusão. “Para os pets, estamos concluindo o primeiro Hospital Veterinário Municipal, reconhecendo o direito dos animais e materializando a visão de que cuidar da saúde humana requer prevenir as zoonoses”, disse o gestor municipal.

Outra grande obra será a construção da Arena Multiuso, espaço climatizado e com capacidade para cerca de 16 mil pessoas, na orla da Boca do Rio. Em janeiro, o prefeito assinou um contrato de empréstimo com o Santander no valor de R$ 300 milhões para investimentos em obras e intervenções urbanísticas na cidade, entre elas a Arena, que vai ajudar Salvador na atração de grandes shows e eventos.

Nos próximos dias, em parceria com a AMA (Associação de Amigos do Autista da Bahia), o Município vai inaugurar o Centro de Atendimento Educacional Especializado, para até 1.000 crianças com espectro autista. “Esta é uma obra que me emociona, cumpre uma promessa de inclusão que fiz aqui ano passado”, lembrou o prefeito. Além disso, 31 escolas municipais ganharão novas salas de atendimento especializado para este público.

A entrega do segundo trecho do Mané Dendê, maior iniciativa da Prefeitura para o Subúrbio de Salvador em toda a história da cidade, também foi mencionada pelo prefeito. “Somos hoje uma cidade como nunca foi sonhada pelas famílias mais pobres. Bairros inteiros, de extrema precariedade, são transformados. Montamos o Escritório Social Mané Dendê, o fixo e o móvel. Que orienta os moradores sobre as obras, ouve os problemas das famílias, encaminha para soluções de saúde, educação, emprego, o que for”, destacou.

Entre as obras do Centro Histórico, já está em andamento a requalificação do Elevador Lacerda, um investimento de R$ 11 milhões, com recursos próprios. As obras devem durar 10 meses. Haverá melhorias estruturais nos saguões que abrigam as quatro cabines, abrangendo desde implantação de sistema de climatização até nova pintura, iluminação, revestimentos das paredes e do piso, assim como soluções para otimizar o fluxo de passageiros. Além disso, toda a parte elétrica e mecânica do ascensor passará por manutenção.

Ainda no Centro, estão previstas para este ano as entregas do novo Museu da Misericórdia, Casa dos Espetáculos e a Escola de Arte, além do início das obras do Novo Teatro Vila Velha e do Cine Excelsior. “Coroando o nosso vasto conjunto de melhorias da infraestrutura, não podia faltar o local que é o coração da nossa cidade: o Centro Histórico. Qual lógica trouxemos para cá? A lógica de resolver o Cosso centro, como faz toda metrópole do mundo”, pontuou o chefe do Executivo municipal. Também já foi iniciada pela Prefeitura a reforma das fachadas dos casarões do Frontispício e de outros 48 casarões entre a Igreja do Corpo Santo e a Ladeira da Preguiça, além das obras na Rua da Conceição da Praia.

Serão entregues os trechos requalificados de Orla no Porto da Lenha, Pituaçu a Jaguaribe, e Periperi a Escada, chegando até Praia Grande. Foram reformados pela atual gestão os trechos do Farol de Itapuã, Stella Maris e Flamengo até Ipitanga. Até o final do mandato, toda a Orla da capital baiana terá passado por obras. Ainda entre as ações municipais, estão o Parque Socioambiental de Canabrava, em implantação, e mais dois novos parques de Mata Atlântica projetados para esse ano: Ipitanga e Vale da Mata Escura.

Prefeitura Luis Eduardo Magalhães
Prefeitura Municipal de Savaldor

Bahia quer manter freguesia de décadas contra CRB

A última derrota do Tricolor para o time alagoano, foi em 2002, pelo placar de 3 a 1, pelo...