Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador

Deputado Matheus Ferreira quer a disponibilidade de alerta de desastres climáticos para a população baiana

O deputado Matheus Ferreira (MDB, através de um Projeto de Lei apresentado na Assembleia Legislativa da Bahia, pretende tornar obrigatório o repasse imediato de alertas de desastres climáticos recebidos pela Defesa Civil Estadual, para os baianos e baianas, através de meios de Radiodifusão (rádio e tv do Estado da Bahia). “A proposição de justifica como forma de proteger e salvaguardar a vida das pessoas que vivem em zonas de risco e vulnerabilidade na Bahia.”

De acordo com o parlamentar, desde 2011 o país conta com um programa multissetorial que permite a atuação coordenada entre os órgãos envolvidos nas questões relativas à gestão de monitoramento e alertas, de alarme, de articulação de resposta, bem como, de mobilização da população. “O monitoramento de eventos extremos é realizado pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden), criado pelo Decreto Presidencial nº 7.513, de 1º de julho de 2011, com a finalidade de desenvolver capacidade científica, tecnológica e de inovação para o aperfeiçoamento dos alertas de desastres naturais. Os alertas de desastres naturais são emitidos pelo Cemaden ao Centro Nacional de Gerenciamento de Risco e Desastres (Cenad), como meio de auxiliar o Sistema Nacional de Defesa Civil,” explica.

O deputado esclarece ainda que o Cenad é responsável pela emissão de alerta às Defesas Civis Estaduais, que são encarregadas de redistribuí-los regionalmente à população do Estado. “Ocorre que atualmente nos deparamos com um aumento na intensidade e rápido desenvolvimento de eventos climáticos extremos e a dimensão de desastres vem aumentando, como a ocorrência do extremo de chuvas que atingiu o sul da Bahia em 2023 e agora atinge todo o Rio Grande do Sul”, acrescentou.

Segundo Matheus Ferreira, o aumento na celeridade do disparo de alertas, o conhecimento do risco de desastres pela população suscetível e um fortalecimento da Defesa Civil, é de suma importância para o desenvolvimento de estratégias para que as comunidades estejam preparadas para reagir caso o risco se concretize. “Contamos com o apoio dos ilustres pares da Assembleia Legislativa para a aprovação deste projeto que visa aumentar o alcance dos alertas de risco climáticos para a população baiana,” finalizou o deputado.

É VALA! Cabeça cara do ‘BDM’ que agia na RMS morre após confronto em Castelo Branco

Um homem, identificado como Ednei Alves Silva dos Santos, de 40 anos, foi morto pela Polícia Civil durante uma troca de tiros na noite...

Hemoba celebra Dia Mundial de Conscientização da Doença Falciforme com forró e palestras

O Dia Mundial de Conscientização da Doença Falciforme (DF) – 19 de junho, criado pela Organização Mundial da Saúde, tem o objetivo de aumentar...
Prefeitura Porto Seguro

É VALA! Cabeça cara do ‘BDM’ que agia na RMS morre após confronto em Castelo Branco

Um homem, identificado como Ednei Alves Silva dos Santos, de 40 anos, foi morto pela Polícia Civil durante uma...
Fundação Jose Silveira

É VALA! Cabeça cara do ‘BDM’ que agia na RMS morre após confronto em Castelo Branco

Um homem, identificado como Ednei Alves Silva dos Santos, de 40 anos, foi morto pela Polícia Civil durante uma...

Hemoba celebra Dia Mundial de Conscientização da Doença Falciforme com forró e palestras

O Dia Mundial de Conscientização da Doença Falciforme (DF) – 19 de junho, criado pela Organização Mundial da Saúde,...

Plataforma orienta profissionais que atendem pacientes com malária

O Ministério da Saúde disponibilizou um canal de telessaúde voltado para profissionais que atendem pacientes com malária. Denominado Telemal,...

Mãe de suposto filho de Pablo revela detalhes de relação com o cantor; “ainda não era famoso”

A mãe do suposto filho do cantor Pablo, Adriana Dias, revelou detalhes de como conheceu o artista e lidou...