Em “ato falho”, Neto diz que Festival Virada só sai da Boca do Rio se Bruno Reis quiser

Em “ato falho”, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), insinuou, em tom risonho, que o Festival Virada só sai da Boca do Rio em 2018 se o vice-prefeito Bruno Reis (MDB) quiser. “A menos que eu não seja prefeito, e Bruno Reis não queira que seja aqui”, afirmou o demista em coletiva à imprensa logo depois do show de Bell Marques, terceira atração do Festival Virada, neste domingo (31).

O gestor avaliou como positiva a realização do evento na Boca do Rio. Sem apresentar números num bate papo rápido com jornalistas, o gestor disse que a ocupação hoteleira na cidade e o comércio de bebidas e alimentos em bares e restaurantes “superou todas expectativas”. E fez questão de frisar o reconhecimento e apoio das entidades que representam o setor, dois dias depois do Jornal A Tarde, em editorial, fazer duras críticas ao alcaíde.

Ainda na coletiva ACM Neto ressaltou o fato de não ter sido registrado grandes incidentes durante o Festival, nem de violência nem de engarrafamentos na Avenida Otávio Mangabeira.

Últimas Noticias