Prefeito tenta enfraquecer o PDT e Félix Mendonça ironiza

O ex-aliado PDT-Partido Democrático Trabalhista virou rival e agora os articuladores do prefeito de Salvador, ACM Neto, entraram em ação para enfraquecer o partido comandado na Bahia pelo deputado federal Félix Mendonça. Em entrevista na última terça (22) os vereadores Kiki Bispo e Leandro Guerrilha confirmaram a saída. Outro que também deixa a sigla é o ex-vereador Gilberto José. O único com mandato na Câmara Municipal que fica é Odiosvaldo Vigas, no partido há 24 anos. Agora o objetivo da equipe de articulação do prefeito é fortalecer o PTB-Partido Trabalhista Brasileiro do deputado federal Benito Gama, aliado histórico do DEM.

O Informe Baiano entrou em contato com o presidente estadual do PDT, deputado federal Félix Mendonça, que demonstrou tranquilidade e bom humor. “Se eles estão querendo nos enfraquecer, é porque estamos fortes. A saída de Gilberto já era esperada. Enfraqueceria se Odiosvaldo saísse e isso não vai acontecer. Quanto a Leandro e Kiki, eles apenas vieram dar um passeio no PDT”, sorriu.

Últimas Noticias

Polícia Federal investiga crimes de corrupção contra Petrobras

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (21) dois mandados de busca e apreensão contra suspeitos de crime de corrupção...