Prefeito tenta enfraquecer o PDT e Félix Mendonça ironiza

O ex-aliado PDT-Partido Democrático Trabalhista virou rival e agora os articuladores do prefeito de Salvador, ACM Neto, entraram em ação para enfraquecer o partido comandado na Bahia pelo deputado federal Félix Mendonça. Em entrevista na última terça (22) os vereadores Kiki Bispo e Leandro Guerrilha confirmaram a saída. Outro que também deixa a sigla é o ex-vereador Gilberto José. O único com mandato na Câmara Municipal que fica é Odiosvaldo Vigas, no partido há 24 anos. Agora o objetivo da equipe de articulação do prefeito é fortalecer o PTB-Partido Trabalhista Brasileiro do deputado federal Benito Gama, aliado histórico do DEM.

O Informe Baiano entrou em contato com o presidente estadual do PDT, deputado federal Félix Mendonça, que demonstrou tranquilidade e bom humor. “Se eles estão querendo nos enfraquecer, é porque estamos fortes. A saída de Gilberto já era esperada. Enfraqueceria se Odiosvaldo saísse e isso não vai acontecer. Quanto a Leandro e Kiki, eles apenas vieram dar um passeio no PDT”, sorriu.

Na Chapada Diamantina, policiais rodoviários federais flagram pintor de 39 anos transitando com carro roubado

Um carro roubado foi recuperado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em uma abordagem no KM 393 da BR- 242, em Seabra, na Chapada Diamantina. O fato aconteceu...

Prisco processará PT e presidente municipal do partido em Curaça por racismo

O deputado estadual Soldado Prisco recebeu com perplexidade e indignação uma reportagem do Inflrme Baiano que aponta uma nota publicada pelo presidente do Partido dos Trabalhadores (PT)...