Nenê decide e Bahia perde para o Vasco por 4 a 3 em São Januário

Ele é a referência do time, comanda os colegas. Cobra faltas, escanteios. Dá assistências. E, claro, decide. Com um lindo gol de fora da área e outro golaço de falta, Nenê resolveu um jogo que parecia fácil, virou complicado ao Vasco. O 4 a 3 sobre o Bahia, neste sábado, em São Januário, manteve o Cruz-Maltino líder e com 100% de aproveitamento na Série B.

Com quatro vitórias em quatro jogos, o Vasco soma 12 pontos. É líder isolado. Enfrenta o Oeste, terça-feira, na Arena Barueri, às 21h30 (de Brasília). O Bahia, sétimo, com sete pontos, recebe o Náutico, às 19h15 (de Brasília), na Fonte Nova, no mesmo dia.

Nenê, Vasco x Bahia (Foto: Luciano Belford/Framephoto/Estadão Conteúdo)

Um Vasco determinado, uma Bahia que se arrastava. O primeiro tempo poderia ter definido o jogo. Além dos gols de Thales e Luan, ambos com falhas de Marcelo Lomba, o time da casa perdeu outras duas chances, com Eder Luis: acertou a trave de fora da área e fuzilou por cima na frente do goleiro. O Bahia, que cometia erros de posicionamento defensivo, tinha ainda dificuldades de atacar. Só ameaçou com Renato Cajá, que acertou a trave após dividida com a defesa.

Depois do intervalo, Doriva mudou o panorama do jogo. Luisinho e Edigar Junio entraram e o visitante passou a ameaçar. Diminuiu com Luisinho, após má saída do gol de Jordi. Empatou, depois de linda trama, com Danilo Pires, de cabeça. Aí, a estrela decidiu: Nenê, de fora da área, fez um golaço para voltar a comandar o placar. E, de falta, sem chance ao goleiro, determinou o 4 a 2. Deu tempo até para ele perder pênalti, chutando por cima do gol, e Bruno Gallo marcou contra ao atrapalhar Jordi.


Fonte: GloboEsporte.com

Últimas Noticias