Morre segunda vítima de atentado que baleou músicos em Brotas

Morreu nesta quinta (30) a segunda vítima do atentado que deixou três pessoas baleadas no Alto do Saldanha, em Brotas, no dia 5 de março. Marivaldo Lima Navarro, de 48 anos, estava internado no HGE – Hospital Geral do Estado.
marivaldoEle foi baleado junto com os músicos e irmãos gêmeos Eduardo Josino (Du) e Josino Eduardo (Jô) próximo de casa por traficantes. A família ainda não divulgou o dia e o local do enterro de Marivaldo.
Única vítima que sobreviveu, o percussionista Du já recebeu alta médica, mas ainda não está recuperado e segue abalado com a morte do irmão Jô, que foi enterrado no dia 7 de março.  De acordo com populares, o crime foi motivado por vingança, já que os traficantes suspeitaram que os músicos denunciaram o comércio de drogas na região. Du e Jô chegaram a trabalhar com artistas consagrados nacionalmente, como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Saulo Fernandes e Márcio Victor.
Já fazem 27 dias que ocorreu o crime, mas até o momento ninguém foi preso. A suspeita é que o ataque foi feito pelos bandidos Olho de Gato, Jeferson e Lucas.
01