Ex-magistrado, crítico de Maduro, deserta e vai para os EUA

O ex-magistrado Christian Zerpa desertou da Venezuela para os Estados Unidos. Ele pertencia ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ) e era crítico do governo do presidente Nicolás Maduro. Zerpa é acusado pela Justiça de assédio sexual, atos lascivos e violência psicológica.

O presidente do STJ, Maikel Moreno, disse que Zerpa deixou a Venezuela para tentar escapar do julgamento. Porém, nos Estados Unidos, o ex-magistrado afirmou que fugiu por discordar da reeleição da Maduro, que toma posse no próximo dia 10, e que, como ele, há vários juízes.

De acordo com Moreno, Zerpa estava sob investigação desde 23 de novembro do ano passado. Moreno disse que a apuração começou no Conselho do Supremo Tribunal, que encaminhou a ação para o Conselho Moral Republicano.

Moreno disse que Zerpa fugiu da Venezuela usando sua prerrogativa constitucional para evitar o julgamento.

Ultimas Noticias

Senadora Selma Arruda tem mandato cassado pelo TSE

Por 6 votos a 1, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu terça-feira (10/12) cassar o mandato da senadora Selma Arruda (Podemos-MT) por abuso de...

PMs acusados pela morte de empresário Márcio Perez voltam à prisão

Os policiais militares Maurício Correia dos Santos e Saulo Reis Queiroz, denunciados pelo Ministério Público estadual pelo assassinato do empresário espanhol Márcio Perez Santana,...

Educadores participam de encontro formativo sobre Educação Especial

A Secretaria da Educação do Estado iniciou, nesta terça-feira (10), no Teatro Jorge Amado, em Salvador, um encontro formativo sobre Educação Especial no Estado...

Nota Premiada Bahia vai contemplar 91 participantes na próxima semana

Será na próxima semana o primeiro sorteio da campanha Nota Premiada Bahia em novo formato, que amplia em 810% as chances dos participantes. A...
Publicidade