Bruna Surfistinha é acusada de golpe na internet

A ex-prostituta, escritora e DJ Raquel Pacheco, conhecida como Bruna Surfistinha, está sendo acusada de golpe por seus seguidores no Instagram. Segundo o colunista Leo Dias, um casal de internautas denunciou que Raquel fez um apelo nas redes sociais em busca de sócios para abrir franquias de sua rede de sex shop.

A fonte do colunista declarou: “Era R$ 2.500 a parte da sociedade e R$ 100 para comprar a cota de franquias. Eu recebi dois contratos e receberia também uma porcentagem pela venda dos produtos e o lucro da minha franquia, pelo que eu divulgasse. Inclusive eu montaria um sex shop virtual meu com a marca Bruna Surfistinha. Eu tinha acertado isso com ela e tenho tudo documentado. Ela me mandou o contrato, pediu para eu assinar e devolver para ela, e depois fazer o acerto. Eu fiz o acerto e depois disso ela sumiu. Quis fechar essa proposta inicial porque ela me ofereceu uma outra parte da sociedade que custaria em torno de 25 mil”.

- publicidade -

Ultimas Noticias

Na Avenida São Rafael, Rondesp evita roubo a ônibus e prende...

Uma guarnição das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico evitou, na manhã deste sábado (20/07), o roubo contra passageiros de um ônibus, em Salvador. A dupla...

Advogado e mais oito presos por ataque contra Veracel em Eunápolis

Um advogado e mais oito homens foram presos, na manhã deste sábado (20/07), em uma operação conjunta das polícias Civil e Miltar. O grupo...

Maria Gadú e Chico César se apresentam na Concha Acústica dia...

Um encontro memorável para o público baiano. Vem aí em agosto dois grandes shows. Maria Gadú e Chico César se apresentam na Concha Acústica...

Proposta de Félix libera pagamento de pedágio em rodovias federais

O deputado federal Félix Mendonça Júnior (PDT) apresentou na Câmara Federal o projeto de lei 1561/11 sobre a atualização de cobrança de pedágio em...
Publicidade