Azarão, Aldo passa o trator em Moicano e já é cotado para disputar cinturão do UFC

José Aldo relembrou na noite de sábado (02/02), no UFC Fortaleza, os seus melhores dias como campeão peso-pena. Em exibição de gala, ele atropelou o também brasileiro Renato Moicano no segundo round e correu para os braços do povo logo após o término da luta.

A luta começou tensa, com ambos se estudando bastante, mantendo a distância e analisando as melhores possibilidades para a conexão dos golpes. Com braços e pernas mais longos, Moicano foi feliz em alguns jabs e Aldo, por sua vez, conseguiu conectar chutes baixos, uma de suas principais características.

Já no segundo round, Moicano retornou ainda mais defensivo e abriu brecha para o ex-campeão partir para o ataque. Aldo percebeu e acertou um cruzado de esquerda que tirou Moicano do centro. Pelos segundos seguintes, ele seguiu acertando socos e uma joelhada até a interrupção do árbitro.

Esta foi a segunda vitória consecutiva por nocaute de Aldo, que tem mais duas lutas no contrato com o UFC – ele promete se aposentar após o término do vínculo. Com o resultado, o brasileiro é cotado para voltar a disputar o cinturão da categoria peso-pena, dominada por Max Holloway.