Homem-bomba fez 11 provas da OAB e afirmou que candidatos tinham 11 segundos para evacuar o prédio

O homem-bomba que invadiu uma sala do Centro Universitário Jorge Amado na tarde deste domingo (24) disse aos candidatos que fez 11 provas da OAB e há 18 anos tentava obter a carteira. Um dos candidatos entrou em contato com o Informe Baiano minutos após sair da instituição. “Ele estava na sala 711 com duas malas de viagem e disse que estava fazendo a prova há 18 anos e não passou. E afirmou que a gente tinha 11 segundos para evacuar o prédio se não ele iria explodir tudo”, contou. Houve pânico e muito corre-corre no local. As provas foram suspensas e policiais militares estão negociando neste momento com o suspeito. As pistas que dão acesso a Unijorge foram bloqueadas pela Transalvador.

Últimas Noticias

Órgão dos EUA alerta contra viagens para mais 22 destinos

Uma lista do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos emitiu um alerta de viagem...