Proposta por Otto Alencar, CPI para investigar tragédia em Brumadinho é criada no Senado

Proposta pelo senador baiano Otto Alencar (PSD) e pelo mineiro Carlos Viana (PSD), a CPI (comissão parlamentar de inquérito) para investigar tragédia em Brumadinho foi criada no Senado Federal, nesta terça-feira (12). O rompimento da barragem da Vale em Brumadinho (MG), ocorrida em 25 de janeiro, deixou, até o momento, 165 mortos e 160 desaparecidos.

Na segunda-feira (11), Davi havia dito que não haveria uma CPI porque estava em negociação com a Câmara a criação de uma CPMI (comissão parlamentar mista de inquérito), mesclando deputados e senadores. No início da noite desta terça, porém, ele anunciou a CPI com 11 titulares e 7 suplentes. A comissão terá 180 dias para trabalhar com recursos limitados a R$ 110 mil.

“Além, de identificar os responsáveis, quais foram as falhas dos órgãos competentes, os autores dos laudos técnicos, tem-se como objetivo, tomarmos as providências cabíveis para evitar novos acidentes”, diz o requerimento. A CPI tem poderes de realizar diligências, convocar autoridades e tomar depoimentos.

Ultimas Noticias

Cartela da mega sena

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 44 milhões

As seis dezenas do Concurso 2.190 da Mega-Sena, sorteadas ontem (21), no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo, não teve vencedores. O prêmio para...

Reconhecido por assaltantes, policial é salvo pela esposa em Periperi; um...

Um policial militar lotado na 14ª Companhia Independente foi salvo pela esposa após ser reconhecido por assaltantes em uma tentativa de assalto dentro de...

Cântitos racistas contra brasileiro paralisam jogo no Campeonato Italiano

A partida entre Atalanta e Fiorentina, pela quarta rodada do Campeonato Italiano, foi paralisada neste domingo (22/09) em razão de cânticos racistas vindo de...

Polícia realiza reconstituição da morte do pastor Anderson do Carmo

A Polícia Civil do Rio de Janeiro realizou entre a noite de ontem e a madrugada de hoje (23) a reconstituição do assassinato do...
Publicidade