Dentista dá dicas para curtir o Carnaval com hálito saudável

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que quarenta por cento da população mundial sofre de hálitos. O mau hálito é um sinal de que algo incomum está acontecendo no seu organismo.

Segundo o cirurgião dentista Luiz Akaki, há mais de 70 motivos por trás do problema, e 95% das causas têm origem na boca. Para tratar a halitose, o indicado é procurar um dentista e realizar um diagnóstico.

E pasme, hoje já existem aparelhos de alta tecnologia que medem a concentração dos compostos derivados do enxofre presentes na boca. Com isso, é possível avaliar a intensidade do problema, permitindo acompanhar a evolução do tratamento.

Algumas medidas simples podem ajudar a evitar o mau hálito e fazer com que você não tenha medo de falar bem de pertinho nesse Carnaval. Confira as dicas do doutor Luiz Akaki:

1)Mau hálito eu? Muitas vezes você nem percebe que tem halitose. Isso porque, segundo o doutor Akaki, nos acostumamos com os odores ao qual somos expostos por muito tempo, um processo natural chamado fadiga olfativa. Por isso, pergunte a um amigo próximo como está o seu hálito.

2)Escove os dentes todas às vezes que se alimentar. De preferência tenha uma sequência de movimentos para não deixar nenhum dente de fora. O fio dental é essencial no processo.

3)Raspador lingual – Muita gente torce o nariz para o raspador lingual, pois sente ânsia ao usá-lo. Mas saiba que ele é um grande aliado na prevenção da halitose, pois retira a saburra lingual, uma placa bacteriana formada sobre a língua. “Comece de uma parte que você não tenha ânsia e vá progredindo aos poucos”, explica o especialista.

4)Vai um chicletinho aí? Quando não for possível escovar os dentes, use goma de mascar sem açúcar, pois ela estimula a produção de saliva que ajuda a remover os resíduos de alimentos que ficam depois das refeições e , assim, a manter o hálito fresco.

5)Água é fundamental – Vai beber no Carnaval? Saiba que o consumo excessivo de álcool é um dos motivos do mau hálito. Isso porque a bebida alcoólica aumenta a descamação dos tecidos da boca alimentando as bactérias que se concentram principalmente sobre a língua e piorando o hálito. Uma boa solução para amenizar o problema durante as festas é intercalar água e bebida, assim o efeito do álcool na mucosa da boca é atenuado.

Relacionados