Fábio Assunção passa o carnaval em aldeia indígena; objetivo é tratar alcoolismo

Fábio Assunção, 47 anos, aproveitou o carnaval para conhecer os índios da tribo Shanewnawa, no Acre.

A informação é que o ator estaria fazendo um tratamento contra o alcoolismo usando ayuasca (também conhecido como Santo Daime). Além disso, ele foi fotografado aspirando o rapé, pó alucinógeno composto de ervas, cascas de árvores e outras plantas tradicionalmente usadas por tribos indígenas.

Na região, tanto a ayuasca como o rapé costumam ser utilizados como tratamento a dependentes de drogas e álcool em centros especializados. O ator já afirmou que luta contra essas dependências. O local visitado pelo ator fica às margens do rio Envira, em Feijó, junto ao Povo Shanenawa, na Aldeia Morada Nova, onde vivem 1.200 índios.