Pré-candidato, Félix defende projeto alternativo em Salvador e “o bem estar da população”

O deputado federal e presidente do PDT na Bahia, Félix Mendonça Júnior, admitiu que pode ser pré-candidato a prefeito de Salvador no ano que vem. O parlamentar vem sendo pressionado por correligionários para disputar o cargo.

Bem-humorado, o pedetista disse que se “passar de 100 votos já estou satisfeito”.

“100 mil votos?”, questionou a reportagem do Informe Baiano.

“Não. 100 votos mesmo. O que importa não é o voto que o candidato venha a ter e sim ele participar e apresentar um projeto alternativo, além de boas ideias e soluções”, opinou.

“Agora, se eu vou ser candidato mesmo vai depender da população. Depende se meu discurso vai agradar”, frisou Félix, que é formado em administração.

“Minha qualificação é de ser um gestor. Salvador é uma cidade muito bonita, rica e que precisa ser bem tratada, debatida, pensada… Veja, por exemplo, o BRT. Ele poderia ser um VLT, que tem uma estrutura mais leve e mais moderna. Então, é preciso pensar essas questões e discutir a cidade”, sugeriu.

Para Félix, o que “Salvador mais sente falta é de segurança e emprego”.

“A prefeitura tem que ser uma captadora e geradora de empregos. A prefeitura tem que se preocupar no bem estar da população”, finalizou o presidente do PDT.

Roberto Carlos pressiona Félix Júnior para disputar prefeitura: “Salvador necessita de um grande gestor”

Últimas Noticias

Valor do pé de frango dobra devido alta procura

O frango inteiro ficou pelo menos 43% mais caro no último ano e com isso, os consumidores buscam as...