Deputada Kátia Oliveira defende construção do Hospital de Referência do Idoso

A deputada estadual Kátia Oliveira (MDB) solicitou ao governador Rui Costa (PT) a construção de um hospital de referência do idoso em Salvador e a implantação de núcleos especializados em saúde da população idosa nas policlínicas regionais do estado. Ao justificar a proposta, a parlamentar cita o aumento do número de pessoas com idade igual ou superior a 60 anos na Bahia atrelado à redução da taxa de natalidade, apontando para um envelhecimento da população.

Além disso, Kátia Oliveira ressalta que a construção do hospital e a implantação dos núcleos funcionam também como medidas sociais e econômicas. O periódico Cadernos de Saúde Pública, elaborado pela Fundação Osvaldo Cruz, aponta que 50% da população idosa têm renda pessoal menor que um salário-mínimo, enquanto o gasto médio mensal com remédios compromete, aproximadamente, um quarto dessa renda.

“Consequentemente, se não houver uma ação concreta do Estado para subsidiar os gastos de saúde dessa parcela da população, a sociedade brasileira estará condenando os idosos a morte ou a condição de pobreza extrema, tendo em vista o comprometimento do orçamento familiar advindo dos gastos crescentes com remédios, consultas, exames e tratamentos médicos”, pontua.

A deputada lembra que, na Bahia, a população idosa já ultrapassou a marca de 2 milhões de indivíduos, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD), divulgada em novembro de 2017. Esse mesmo estudo apontou que, em apenas 1 ano (entre 2015 e 2016), o crescimento da população idosa na Bahia atingiu o índice de 6,8%, patamar superior à média nacional, cuja ampliação foi de 3,7%.

“Neste sentido, o rápido envelhecimento populacional atrelado a diminuição da taxa de fecundidade dos casais está modificando a pirâmide etária da sociedade baiana e trazendo novos desafios aos governantes, sobretudo no tocante a oferecer serviços públicos específicos para a melhor idade, com a finalidade de garantir o envelhecimento saudável e em condições de dignidade”, afirma.

Kátia Oliveira ainda defende que as policlínicas sejam equipadas com núcleos especializados em saúde para idosos, com a presença de geriatra, gerontólogo, psicólogo, nutricionista, dentista, endocrinologista, fisioterapeuta, enfermeiras e técnicos de enfermagem.

Ultimas Noticias

Obras de macrodrenagem nos rios Ipitanga e Joanes avançam

Uma obra com concepção inovadora e que promete diminuir significativamente os alagamentos em Lauro de Freitas e alguns bairros de Salvador, melhorando a vida...

Presente em 4,2 mi de lares no Brasil, pirataria na TV...

A pirataria da TV paga causa um prejuízo de R$ 9,6 bilhões por ano ao setor, sendo que nesse mesmo período o governo deixa...

Feira Cidadã é aberta em Santo Estêvão com expectativa de dez...

Promovida pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), em parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), a 27ª edição da Feira Cidadã de...

Policial militar se joga de prédio na Avenida Tancredo Neves

Um cabo da Polícia Militar se jogou do Edifício André Guimarães, na Avenida Tancredo Neves, em Salvador, na noite desta quinta-feira (19/09). Equipes da...
Publicidade