Calendário oficial projeta a realização de eventos oficiais durante todo o ano

Visando pontuar a realização de eventos oficiais em Salvador ao longo do ano, a portaria que regulamenta o Calendário oficial de eventos para 2019, sob responsabilidade da Empresa Salvador Turismo (Saltur), foi publicada nesta segunda-feira (10), no Diário Oficial do Município.

O planejamento prévio das atividades permite que o trade hoteleiro e os entes que promovem atividades artísticas, culturais, esportivas e de recreação projetem sua atuação durante todo o ano, dando segurança para setores que,juntos, correspondem a cerca de 6,4% do PIB do estado.

Foram contemplados pelo ato eventos como o Fuzuê e o Furdunço, organizados desde 2016, e que dão a largada para os festejos de Carnaval. Competições esportivas, festas populares e outros acontecimentos que atendem demandas da população como grupos organizados e religiosos também estão previstos.

Para Pedro Costa, conselheiro do Conselho Municipal do Carnaval (COMCAR), o calendário é de vital importância para a preservação de manifestações culturais e atividades econômicas do município. “Salvador é uma cidade culturalmente rica em muitos aspectos, como a culinária, a arquitetura e a literatura. Então, ter um calendário como este é de suma importância para o desenvolvimento da cidade e diminui um problema que é a sazonalidade do turismo”, defende.

O conselheiro comenta ainda que a variedade de eventos reflete a pluralidade de Salvador. “Esse calendário representa a diversidade que dá a cara a Salvador”, conclui.

Neste ano, novos eventos entraram no calendário. Um deles é o Salvador Creativity and Media Festival (Scream), que agrega palestras, workshops, shows e painéis na área de tecnologia, marketing, jornalismo, publicidade e cultura. Já a Maratona Cidade de Salvador, outro evento que entrou no calendário, reúne uma grande expectativa em torno do público. No ano passado, a competição teve 3,5 mil inscritos e este ano estima-se a presença de 7 mil participantes.