Delegado morto por PMs em Itabuna estava sob efeito de cocaína, aponta laudo

O delegado José Carlos Mastique, que foi morto durante uma abordagem da Polícia Militar no dia 28 de abril, na cidade de Itabuna, no sul baiano, estava sob efeito de cocaína. É o que aponta laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

De acordo reportagem do site ‘Verdinho Itabuna’, nos exames de urina foram encontrados traços da mesma droga, além de cocaetileno, que é uma substância formada no fígado, oriunda da metabolização do álcool com cocaína.

A Defesa dos policiais militares envolvidos na ocorrência disse ao veículo neste domingo (16/06) que foi confirmado “aquilo que já suspeitava: a de que o delegado, no dia do ocorrido, estava sob influência de drogas e álcool, fator que o fez perder o controle emocional e psíquico”.

“Mastique estava alterado pelo uso das substâncias e teve uma reação negativa à abordagem feita pela PM em serviço e puxou a arma contra a guarnição, desencadeando, assim, a defesa por parte dos militares”, relatou o advogado dos militares.

Delegado é morto em abordagem da PM em Itabuna

Ultimas Noticias

Correr na esteira (e não ao ar livre) funciona?

Regra geral a esteira da academia fica sempre em segundo plano para os corredores, comparativamente aos treinos ao ar livre – mas será que...

Motociclista assassinado com mais de 10 tiros em Camaçari

Um rapaz de 22 anos foi morto com mais de 10 tiros, no bairro de Camaçari de Dentro, na cidade da região metropolitana de...

Ponte Salvador/Itaparica: técnicos chineses fazem reuniões na Bahia

Equipes de técnicos chineses já participaram de reuniões na Secretaria de Infraestrutura do Estado nos dias 27 de janeiro e 6 de fevereiro. A...

MUDEIdeNOME arrasta grande público no primeiro dia do Carnaval de Salvador

O Movimento Musical MUDEideNOME foi a quinta atração a desfilar, no circuito Dodô (Barra/Ondina), no primeiro dia oficial do “Carnaval dos Carnavais”. Pontualmente às...