Pauladas, pedradas e tiros: vendedor foi vítima de homofobia em São Caetano, denuncia amigo

Amigos e familiares de Thalysson Raymond Santos Silva, morto no bairro de São Caetano, em Salvador, acreditam que o jovem foi vítima de homofobia. O rapaz de 24 anos recebeu várias pauladas, pedradas e tiros na manhã de segunda-feira (24/06), por volta das 8h50, na Travessa Nova Camurujipe.

Em conversa com o Informe Baiano nesta quarta-feira (26/06), o produtor de moda Ives Pitanga, que era amigo de Thalysson, relatou que “ele estava voltando para casa depois de curtir o São João com os amigos dele”.

“Ele trabalhava vendendo os óleos de cabelo dele, ganhando seu dinheiro de forma honesta. É mais um crime de homofobia e que não pode passar impune, como muitos que vemos quase todos os dias”, desabafou Ives, que soube da triste notícia através das redes sociais.

“Estão dizendo que ele foi morto porque estava assaltando por lá, que a vítima reconheceu ele e a população fez justiça com as próprias mãos, o que não é verdade. Muitas pessoas conheciam ele e sabiam da índole que ele tinha”, concluiu Ives Pitanga.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o crime.

Foto: divulgação

Ultimas Noticias

Hemoba recebe doadores de sangue na sede da Prodeb

Em uma ação conjunta com a Fundação de Hematologia da Bahia (Hemoba), a Companhia de Processamento de Dados da Bahia (Prodeb), no Centro Administrativo...

Dólar volta a subir e fecha no maior valor em três...

Num dia de tensões no mercado financeiro, a moeda norte-americana voltou a subir e fechou no maior nível em três meses. O dólar comercial...

Comissão aprova proposta que torna obrigatória instalação de procons em aeroportos

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 64/19, que torna obrigatória a instalação...

Justiça Eleitoral cassa mandato do governador de Sergipe

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Sergipe decidiu hoje (19) cassar o mandato do governador do estado, Belivaldo Chagas, e da vice-governadora, Eliane Aquino,...
Publicidade