Ex-boxeador campeão mundial é condenado a 18 anos por abusar da filha

O ex-boxeador argentino Carlos Baldomir, campeão do mundo do peso meio-médio em 2006, foi condenado a 18 anos de prisão ao ser declarado culpado de abusar sexualmente da própria filha. Com 48 anos, Tata, como é conhecido, estava algemado no tribunal quando ouviu a sentença proferida pelo juiz. As informações são da agência EFE.

Ele está detido desde novembro de 2016, quando sua ex-mulher e mãe da menina o denunciou ao Centro de Orientação à Vítima de Violência Familiar e Sexual de Santa Fé, na Argentina. O ex-atleta foi considerado culpado dos crimes de abuso sexual qualidade, abuso sexual gravemente ultrajante e promoção à corrupção de menores.

De acordo com o Ministério Público da Argentina, Baldomir abusou várias vezes da fila quando ela tinha entre oito e 12 anos de idade.

O ex-boxeador foi campeão dos meio-médios entre janeiro e novembro de 2006, quando foi derrotado pelo americano Floyd Mayweather. Sua última luta da carreira foi em abril de 2014.

Ultimas Noticias

Pedidos de refúgio no Brasil podem ser feitos apenas pela internet

O Ministério da Justiça e Segurança Pública recebe, a partir deste domingo (15), exclusivamente pela internet todos os pedidos de refúgio no Brasil. Os...

Personagens de desenhos e vampiros são parte das fantasias sexuais de...

Uma pesquisa feita pelo psicólogo e sexólogo Justin Lehmiller com 4 mil americanos revelou que 25% deles têm fantasias sexuais com personagens de desenhos animados...

Pesquisadores demonstram beneficios do lítio para idosos com Alzheimer

Pesquisa desenvolvida no Brasil, em colaboração com cientistas estadunidenses, avança no entendimento dos efeitos benéficos do lítio para idosos com Alzheimer, doença que causa...

Vaso sanitário de ouro é roubado durante exposição

A polícia investiga o roubo de uma obra de arte exposta no Palácio Blenheim, em Oxfordshire, na Inglaterra, na madrugada do último sábado (14/09/2019). A peça...
Publicidade