Ex-boxeador campeão mundial é condenado a 18 anos por abusar da filha

O ex-boxeador argentino Carlos Baldomir, campeão do mundo do peso meio-médio em 2006, foi condenado a 18 anos de prisão ao ser declarado culpado de abusar sexualmente da própria filha. Com 48 anos, Tata, como é conhecido, estava algemado no tribunal quando ouviu a sentença proferida pelo juiz. As informações são da agência EFE.

Ele está detido desde novembro de 2016, quando sua ex-mulher e mãe da menina o denunciou ao Centro de Orientação à Vítima de Violência Familiar e Sexual de Santa Fé, na Argentina. O ex-atleta foi considerado culpado dos crimes de abuso sexual qualidade, abuso sexual gravemente ultrajante e promoção à corrupção de menores.

De acordo com o Ministério Público da Argentina, Baldomir abusou várias vezes da fila quando ela tinha entre oito e 12 anos de idade.

O ex-boxeador foi campeão dos meio-médios entre janeiro e novembro de 2006, quando foi derrotado pelo americano Floyd Mayweather. Sua última luta da carreira foi em abril de 2014.

Sim ou não? Dormir com meias ajuda a melhorar o sono?

Seja por hábito ou por questões meteorológicas, há quem não consiga dormir sem meias. De fato, ter os pés frios pode ser a razão por trás das...

Fabíola quer barreira sanitária com câmera térmica no Terminal de São Joaquim

A deputada estadual Fabíola Mansur (PSB) protocolou nesta quarta-feira (03) uma indicação que estabelece a instalação de barreira sanitária com câmeras térmicas que medem a temperatura das...

Operação contra o coronavírus distribui seis mil máscaras no Ceasa

Uma ação de prevenção ao Covid-19, realizada na madrugada desta quarta-feira (3), distribuiu seis mil máscaras a clientes e trabalhadores do Centro de Abastecimento do Estado (Ceasa),...

Como pedir concessão e prorrogação do auxílio-doença durante pandemia

Muitos segurados estão com dúvidas sobre a concessão e prorrogação do auxílio-doença, devido à suspensão do atendimento presencial nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS),...