Agricultura familiar marca presença em encontro internacional Brasil-Alemanha

A agricultura familiar da Bahia está presente na 37ª edição do Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA), o mais importante evento focado nas relações entre os dois países, que teve início neste domingo (15) e segue até esta terça-feira (17), no Centro de Convenções, em Natal, no Rio Grande do Norte.

No estande do Governo da Bahia, produtos como chocolates (da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências, Coopfesba, de Ibicaraí), doces e cerveja de umbu (da Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá, Coopercuc), banana da terra chips (da Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves, Coopatan) e mel (da Cooperativa Regional dos Apicultores do Médio São Francisco, Coopamesf, de Ibotirama) mostram a potencialidade do rural baiano.

As cooperativas são apoiadas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), que já investiu, nos últimos cinco anos, mais de R$ 1,2 bilhão na agricultura familiar, com ações que vão desde ao manejo até o acesso ao mercado.

Com o tema ‘Parceria Brasil-Alemanha em tempos de mudança global’, o evento reúne autoridades governamentais e lideranças empresariais de ambos os países, para estreitar relações, fechar parcerias, fazer intercâmbio de tecnologias e efetivar negócios.

O presidente Coopfesba, Osaná Crisóstomo, destacou que a participação no evento é um momento importante para a cooperativa. “A participação em eventos como esse traz força não somente para a cooperativa, mas para os agricultores envolvidos nesse projeto, do cacau ao chocolate. A perspectiva é boa, de novos mercados, e também de colocar um produto de qualidade para o consumidor final, do cacau cabruca, da origem ao chocolate”.

Bahia x Alemanha

Com oito grandes empreendimentos alemães implantados na Bahia que, juntos, geram 2,3 mil empregos e somam cerca de R$ 4 bilhões em investimentos, o Governo do Estado participa do Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA-2019), para ampliar o fluxo de negócios com investidores do país europeu, além de fortalecer as relações de cooperação internacional nos campos da economia, turismo, planejamento e cultura.

O governo baiano montou um estande no evento no qual expõe as oportunidades de investimento e o ambiente de negócios do estado. A Bahia está fortemente interessada em receber esse encontro econômico em 2021, quando voltará a ser realizado no Brasil.

O EEBA é organizado pela Federação das Indústrias Alemãs (BDI) e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK) e, nesta edição, tem a parceria da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN).

Ultimas Noticias

MC 7kssio e Parangolé vão cantar juntos em festa de Berimbau

Dono do hit Malandra, o soteropolitano MC 7kssio promete agitar a celebração de 58 anos da Festa de Emancipação Política de Berimbau, no interior...

“Gosto de p…”, diz Any Borges, do De Férias com o...

O reality show ‘De Férias com o Ex Brasil’, exibido na MTV, faz grande sucesso e uma das participantes que tem chamado atenção recentemente...

Polícia recupera em Rio Real carga avaliada em mais R$ 600...

Uma carga avaliada em mais de R$ 600 mil, roubada no município de Rio Real, foi recuperada, na quarta-feira (16), por investigadores da Delegacia...

Carolino busca ajuda emergencial para pescadores de Salvador

O ressarcimento dos prejuízos causados pelo rápido avanço da mancha de óleo sobre várias praias de Salvador será a pauta de audiência solicitada pelo...
Publicidade