Camaçari, Mata de São João e Conde iniciam plano para proteção do litoral norte baiano

Uma mesa composta por representantes de Meio Ambiente e Turismo do estado e dos municípios de Camaçari, Mata de São João e Conde debateu, na tarde desta quarta-feira (09/10), na Secretaria de Turismo de Camaçari (Setur), um Plano de Ação e Enfrentamento para as cidades litorâneas da Costa dos Coqueiros atingidas pelas manchas de óleo que já chegaram em 138 locais de nove Estados. A reunião foi solicitada pela Prefeitura de Camaçari, após a identificação de pequenas manchas de óleo na areia das praias de Itacimirim e Guarajuba. O Plano contempla a limpeza de praias, proteção de rios e mangues.

As prefeituras estão monitorando as praias desde que souberam do deslocamento da substância pelo litoral. “Embora Camaçari ainda não apresente grandes danos, estamos trabalhando preventivamente. Destacamos uma equipe composta por pessoas capacitadas e dedicadas para conduzir esse processo junto a outros municípios e órgãos ambientais, e gerar resultados que protejam a nossa Costa”, assegurou o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) definiu, durante a reunião, ações imediatas para gerenciamento de crise. “Estabelecemos aqui mutirões que os municípios se comprometeram a cumprir, com o nosso apoio. O Ibama distribuiu as orientações e equipe técnica para estar orientando. Serão mutirões de limpeza de praia e cada município precisa disponibilizar uma área de deposição de resíduos temporária. O Estado está tomando as providências necessárias para destinação final deste resíduo, não vai ficar no município. A gente está somando esforços, Estado, União e municípios, para dar conta dessa problemática”, orienta a coordenadora de emergências ambientais, Ana Cacilda.

“Esse é um problema de toda a costa do Nordeste, primeiro estamos ouvindo outros municípios para saber o que está acontecendo para depois ajudá-los no que for preciso. É um esforço coletivo para resolver um evento que é inédito e nós estamos aprendendo juntos a combater”, explica o secretário de Desenvolvimento Urbano (Sedur) de Camaçari, Genival Seixas, que está acompanhando, através da coordenação de Meio Ambiente, a situação de outros Estados para elaborar um plano rápido de recomposição da saúde hídrica e ecossistema, caso a Costa de Camaçari sofra grandes impactos.

Ultimas Noticias

MC 7kssio e Parangolé vão cantar juntos em festa de Berimbau

Dono do hit Malandra, o soteropolitano MC 7kssio promete agitar a celebração de 58 anos da Festa de Emancipação Política de Berimbau, no interior...

“Gosto de p…”, diz Any Borges, do De Férias com o...

O reality show ‘De Férias com o Ex Brasil’, exibido na MTV, faz grande sucesso e uma das participantes que tem chamado atenção recentemente...

Polícia recupera em Rio Real carga avaliada em mais R$ 600...

Uma carga avaliada em mais de R$ 600 mil, roubada no município de Rio Real, foi recuperada, na quarta-feira (16), por investigadores da Delegacia...

Carolino busca ajuda emergencial para pescadores de Salvador

O ressarcimento dos prejuízos causados pelo rápido avanço da mancha de óleo sobre várias praias de Salvador será a pauta de audiência solicitada pelo...
Publicidade