Mulher que criava 140 cobras é encontrada morta com réptil enrolado no pescoço

Laura Hurst, 36 anos, foi encontrada morta em sua casa no estado de Indiana, nos Estados Unidos, com uma cobra píton de 2,4 metros enrolada no pescoço. O corpo da mulher foi achado na quarta-feira (30/10/2019).

Os médicos ainda tentaram reanimá-la, mas não tiveram sucesso. O sargento Kim Riley, porta-voz da polícia estadual, disse ao jornal Lafayette Journal & Courier que “ela parece ter sido estrangulada pela cobra”, mas que “só teremos certeza após a necropsia”.

Laura criava outras 140 cobras, que foram encontradas em sua residência. O xerife do condado de Benton, Don Munson, vizinho da vítima, encontrou o seu corpo e disse que a morte foi um “acidente trágico”.

Ultimas Noticias

MP extingue multa adicional de 10% do FGTS que ia para...

O governo extinguiu a multa adicional de 10% do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de demissões sem justa causa. A decisão...

Não coma fruta parcialmente podre, alerta OMS

Na tentativa de evitar o desperdício alimentar, muitas pessoas optam por retirar a parte podre dos alimentos e consumir o resto. Porém, a Organização...

Bolsonaro sanciona com vetos Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020

O presidente Jair Bolsonaro sancionou com vetos a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020. A LDO estabelece que o governo tem de apresentar,...

Em Mata Escura, traficantes desafiam: “Bota a cara, Rondesp”; um morre

Equipes da Rondesp Central trocaram tiros com um grupo de bandidos, na noite de segunda-feira (11/11), no bairro de Mata Escura, em Salvador.Os militares...
Publicidade