Ativista esfaqueia mulher por pensar que ela usava um casaco de pele

Uma mulher que já tem um histórico de atacar pessoas que estão usando peças de roupa de pele de animal foi acusada de tentativa de homicídio, depois de ter esfaqueado uma pessoa numa igreja em Cleveland, no estado norte-americano do Ohio, nos Estados Unidos.

A vítima foi esfaqueada no braço duas vezes e uma no abdomen com uma faca de cozinha em frente das crianças de quem tomava conta enquanto estavam no coro. Meredith Lowell, de 35 anos, foi detida no local por uma testemunha até a polícia chegar.

A mulher esfaqueada continua no hospital, segundo explicou a chefe da polícia local citada pelo jornal Metro. 

No ano passado a agressora já tinha sido detida por um incidente semelhante num supermercado, quando viu um cliente usando o que pensou ser pele verdadeira. Nesse caso esmurrou a vítima e tentou esfaqueá-la porque o casaco que levava tinha pelo no capuz.

A mulher continua detida com uma fiança de um milhão de dólares.

Ultimas Noticias

Periperi: homem de 36 anos morto com tiro na cabeça em...

Um homem de 36 anos foi morto de forma covarde na noite de segunda-feira (09/12), no bairro de Periperi, subúrbio ferroviário de Salvador. O...

Carnes podem continuar subindo até fevereiro, diz FGV

A inflação das carnes deverá seguir pressionando o orçamento das famílias até a virada de janeiro para fevereiro, mas o movimento é pontual e...

Dono de “bar” sequestrado em Monte Gordo é encontrado morto

O homem apontado como dono de um bar, que também funcionaria como “Casa de Prostituição”, em Monte Gordo, distrito de Camaçari, foi encontrado morto...

Com Jiu-jitsu em grade curricular, advogado cita capoeira e manda recado...

O advogado baiano Saulo Barros aproveitou uma iniciativa do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivela, que incluiu o Jiu-jitsu na grade curricular do...
Publicidade