Casa de Cultura dos Idosos é inaugurada no Pelourinho

Além da Festa de Santa Bárbara, no Pelourinho, esta quarta-feira (4) foi marcada pela entrega da Casa de Cultura dos Idosos pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult), por meio do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI). Localizado em imóvel no Largo Quincas Berro D’Água, o espaço passou por requalificação a partir de parceria com a Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder) e o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac).

Estiveram presentes na inauguração a secretária de Cultura, Arany Santana; o secretário da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social; Carlos Martins; o diretor do CCPI, André Reis; o diretor da Fundação Pedro Calmon (FPC), Zulu Araújo; o coordenador técnico da Conder, Querubim Lemos; e o artista Joaquim Assis, diretor e fundador do Eterna Juventude, grupo com mais de 20 anos de atuação junto ao público idoso.

Na ocasião, Arany Santana saudou especialmente as idosas integrantes do Eterna Juventude que estavam presentes no local. “Elas foram a nossa inspiração para desenvolver este projeto. São as guardiãs da nossa história, de nossas memórias, cantigas, saberes e fazeres, que com tanto já contribuíram e ainda tem muito mais a dar. Só temos a agradecer neste dia simbólico, de Santa Bárbara, com a certeza de que essa casa está abençoada pelos ventos de Oyá!”, comemorou.

A aposentada Leni Maria Gonçalves, 85 anos, membro fundadora do grupo Eterna Juventude, comemorou a novidade. “Estamos felizes e com o coração em festa com esse grande prêmio que estamos recebendo. É a realização de um sonho. Atividades como as que vão ser feitas aqui contribuem muito para a qualidade de vida da pessoa idosa. Nossa auto-estima vai lá pra cima”, celebrou. O Eterna Juventude, que tem sede atual na Rua dos Bandeirantes, será o primeiro grupo residente da Casa de Cultura dos Idosos, onde desenvolverá parte de suas atividades.

A Casa de Cultura dos Idosos é mais um espaço administrado pelo CCPI no Pelourinho, onde já é responsável pela dinamização cultural dos largos. “O CCPI está realizando o seu papel de fomentar a valorização da cultura, em especial para o idoso”, explicou o diretor André Reis, reforçando que a iniciativa cumpre as leis nº 12.365/2011 e 8.842/1994 (Política estadual de cultura e Política Nacional do Idoso respectivamente).

O espaço vai oferecer oficinas de dança, teatro e artesanato para idosos, além de proporcionar a participação em manifestações populares, como o Terno de Reis e o Samba de Roda. Propostas de atividades a serem desenvolvidas na Casa de Cultura dos Idosos também podem ser apresentadas ao CCPI.

Ultimas Noticias

Periperi: homem de 36 anos morto com tiro na cabeça em...

Um homem de 36 anos foi morto de forma covarde na noite de segunda-feira (09/12), no bairro de Periperi, subúrbio ferroviário de Salvador. O...

Carnes podem continuar subindo até fevereiro, diz FGV

A inflação das carnes deverá seguir pressionando o orçamento das famílias até a virada de janeiro para fevereiro, mas o movimento é pontual e...

Dono de “bar” sequestrado em Monte Gordo é encontrado morto

O homem apontado como dono de um bar, que também funcionaria como “Casa de Prostituição”, em Monte Gordo, distrito de Camaçari, foi encontrado morto...

Com Jiu-jitsu em grade curricular, advogado cita capoeira e manda recado...

O advogado baiano Saulo Barros aproveitou uma iniciativa do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivela, que incluiu o Jiu-jitsu na grade curricular do...
Publicidade