Morar Melhor reforma 202 lares em Pau da Lima; lideranças comemoram

“Eu achava que morreria em uma casa que me dava vergonha. O telhado estava bem estragado. Quando chovia, alagava tudo, acabando com móveis e eletrodomésticos. Mas a Prefeitura resolveu o problema e ainda fez a pintura, trocou portas e janelas, ajeitou a laje. Isso melhorou a minha vida e aumentou a minha autoestima. Eu me sinto em um novo lar”, disse a viúva Dayse Souza, ao prefeito em exercício de Salvador, Bruno Reis, que entregou 202 imóveis reformados pelo Morar Melhor em Pau da Lima, na noite de quarta-feira (08/01). Ele esteve acompanhado do suplente de Binho de Ganso, que articulou o Morar Melhor no bairro em parceria com os deputados e Kátia Oliveira.

“Nosso trabalho não é fácil e é uma luta diária, mas quando vem os frutos, a gente fica emocionado. Eu sei a dificuldade que é pra fazer uma reforma porque dificilmente sobra no orçamento uma quantia e é muito difícil economizar. Obrigado de coração ao prefeito Neto e seu vice Bruno, além do presidente e a deputada Katia, que também ajudaram nessa demanda”, afirmou Binho de Ganso.

“Todos os dias eu estou aqui com meus vizinhos e sei muito bem que não é fácil. Eu estou muito feliz. A sensação é a mesma de quando nasceram meus filhos. Que felicidade! E o trabalho não vai parar, não. Tem muita coisa acontecendo na região de Pau da Lima, fruto do trabalho de lideranças, como eu e Binho”, comemorou Franklin “Coroa” Salles.

O programa de requalificação habitacional da Prefeitura investiu pouco mais de R$ 1 milhão para promover melhorias nos imóveis do bairro. “Fiquei sensibilizado quando entrei na casa de Dona Dayse e descobri que ela vivia com uma pensão pela morte do esposo, que mal dava para pagar as despesas do mês. Não sobrava um dinheirinho para reformas. Poder mudar isso é o que faz valer a pena ter optado por servir e ajudar as pessoas a resolverem seus problemas e melhorarem de vida”, destacou Bruno Reis.

De acordo com o prefeito em exercício, o Morar Melhor já beneficiou 30 mil em 86 bairros da capital baiana. “Agora, nós vamos lançar a terceira etapa do programa, para chegar a outras localidades pobres e carentes, regiões onde as pessoas sofrem ainda com a insalubridade, em habitações que não têm reboco ou pintura”, assinalou Bruno Reis, que também é secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra). Ele ressaltou que a Prefeitura vai reformar 40 mil casas até o final deste ano, em Salvador. “Precisamos avançar ainda mais com essa iniciativa, que se tornou uma referência nacional na área social”, avaliou.

O Morar Melhor se destina às que vivem em residências localizadas em comunidades carentes. Por meio dessa iniciativa, componentes básicos e estéticos dos imóveis são recuperados, dando mais conforto e dignidade às pessoas beneficiadas pelo programa. A administração municipal realiza intervenções de até R$ 5 mil por imóvel, incluindo serviços de pintura e reboco, troca de esquadrias e substituição de vasos sanitários e pias, além da recuperação ou troca de telhado.

O Morar Melhor já contemplou localidades como Calabetão, Dom Avelar, Alto das Pombas, Calabar, Cosme de Farias, Luís Anselmo, Vila Canária e Pau da Lima. A seleção dos imóveis é feita de acordo com critérios técnicos do programa, como áreas com maior número de casas sem alvenaria ou revestimento, residências que possuem moradores abaixo da linha de pobreza, com renda per capita inferior a R$ 85/mês, e que tenham predominância de chefes de família.

MP recomenda a Xique-Xique elaboração do Plano Municipal de Atendimento Socioeducativo

A Prefeitura Municipal de Xique-Xique e o Conselho Municipal de Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA) foram orientados pelo Ministério Público estadual, em recomendação expedida no último...

DH de Camaçari localiza suspeitos de 12 homicídios

Dois traficantes, envolvidos em pelo menos 12 assassinatos, foram localizados por equipes da 4a Delegacia de Homicídios (DH) de Camaçari. Os criminosos, que integram facções, possuíam mandados de...