“Salvador voltará ao topo do turismo de negócios”, destaca Paulo Azi sobre Centro de Convenções de Salvador

O deputado federal Paulo Azi, presidente estadual do Democratas, afirmou nesta quinta-feira (23) que o novo Centro de Convenções de Salvador (CCS) vai levar a capital baiana de volta às primeiras posições do turismo de negócios do país. O equipamento, que terá nesta quinta um evento de inauguração para convidados, teve investimento de R$130 milhões da prefeitura e será administrado pela empresa francesa GL Events pelos próximos 25 anos.

“Com o novo centro, a prefeitura resolve dois grandes problemas. Primeiro, preenche a lacuna deixada pelo antigo equipamento, que desabou e está fechado há mais de quatro anos por descaso do governo do estado. E, em segundo, possibilita que a capital baiana volte ao roteiro do turismo de negócios, o que vai trazer benefícios para os mais diversos setores”, disse.

Azi destaca que o CCS vai ser um importante polo gerador de empregos diretos e indiretos em Salvador. “Não apenas o setor do turismo será beneficiado, mas outros, como os serviços, comércio, alimentos e bebidas. Há uma expectativa que a movimentação financeira relacionada ao novo centro chegue a R$ 500 milhões”, destacou.

O deputado voltou a criticar o governo do estado pela demora em apresentar uma definição para o antigo equipamento, provocando um prejuízo bilionário para a economia do estado. “A gestão do prefeito ACM Neto resolveu em dois anos o que a administração do governador Rui Costa (PT) não conseguiu em mais cinco anos. Sendo que os problemas do centro antigo já começaram a ocorrer desde 2013, e nada foi feito. Hoje, o equipamento segue abandonado e o governo, inerte”, criticou.

Últimas Noticias

Código de Trânsito Brasileiro completa 24 anos hoje

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) completa 24 anos neste sábado (22), com mudanças introduzidas por meio da Lei...