Investida do PCC: mais de 800 presidiários fazem rebelião e fogem em São Paulo

Mais de 830 criminosos supostamente ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC) fugiram de unidades prisionais em São Paulo, nesta segunda-feira (16/03). Ocorreram rebeliões em cinco presídios do interior de São Paulo:
Mongaguá, Tremembé, Mirandópolis, Porto Feliz e Sumaré. Em algumas unidades, os detentos colocaram fogo em colchões e pessoas foram feitas reféns.

As ações dos detentos ocorreram após a Corregedoria-Geral da Justiça suspender a saída temporária dos presos em regime semiaberto prevista para ocorrer na terça (17). A suspensão foi definida devido ao temor de que os presos retornassem às prisões com coronavírus e transmitissem a doença aos demais detentos.
rebelião em São Paulo

Últimas Noticias