Dia do Goleiro: relembre 12 arqueiros que fizeram história na dupla BAVI

Guarda-redes, goalkeeper, arqueiro. A função tem muitos nomes, mas no dia 26 de abril é comemorado em todo mundo o Dia do Goleiro.

O Informe Baiano fez uma rápida pesquisa e relembra alguns ídolos que fechavam as quatro traves da dupla BAVI. Emerson Ferreti e Jean fizeram “milagres” nos dois times.

No Tricolor, a lista de atletas é enorme. Destaque também para William Andem, Marcelo Lomba, Ronaldo Passos, Rodolfo Rodríguez e Nadinho. Esquentado, o camaronês William Andem fez defesas inesquecíveis pelo Esquadrão em 1997 e 1998. Foi em 1997 que o arqueiro chorou igual a criança na rodada final do Campeonato Brasileiro, contra o Juventude. Deu empate na Fonte Nova e o Bahia foi rebaixado para a Série B. As lágrimas de Andem representaram uma legião de torcedores.

No rubro-negro há também figuras inesquecíveis: Dida, Fábio Costa, Detinho, Viáfara e Ouri. Nascido em Ipirá, Dida recebeu o apelido de “Rei dos Pênaltis”. Ele iniciou sua carreira no início dos anos 1990, no Vitória, e depois seguiu para o Cruzeiro. Também jogou na seleção brasileira, no Corinthians e no Milan da Itália.

As equipes de marketing dos times baianos, sempre atentas, prestaram homenagens aos donos da camisa 1 nas redes sociais. Veja abaixo:

Sai que é sua Taffarel

Entre os maiores goleiros da história da seleção brasileira, há diversos nomes, mas é impossível não se lembrar de Taffarel, herói do tetracampeonato mundial, em 1994. O camisa 1 foi decisivo na disputa de pênaltis contra a Itália e defendeu o pênalti cobrado por Massaro. Também integra o Hall da Fama da seleção no Museu do Futebol Brasileiro, ao lado de craques como Pelé, Zico, Romário e Ronaldo. A frase do narrador da Globo, Galvão Bueno, ficou eternizada: “Sai que é sua Taffarel”.

Pelas redes sociais, clubes de todas as partes celebraram o Dia do Goleiro. A Juventus (Itália) destacou Gianluigi Buffon. Já o Botafogo exaltou Manga, que completa 83 anos neste dia e não usava luvas para jogar. E o Corinthians celebrou Cássio, que veste a camisa 12 do Timão e já defendeu o clube em 463 partidas, sendo o jogador que mais levantou títulos com o clube paulista.

Raul Plassmann

“Desejo a todos eles que não tomem gol, mas é apenas uma vontade, porque isto é impossível. Ao menos, que não falhem e que as bolas que vierem a entrar sejam indefensáveis para não serem criticados”, declarou Raul Plassmann, que brilhou com a camisa amarela debaixo das traves defendendo a seleção brasileira e clubes como Cruzeiro, Flamengo e São Paulo.

O ex-jogador (1963/1983), disse que o momento mais difícil na profissão é quando se perde um jogo por culpa do goleiro. ”Este erro compromete o time, principalmente se o lance pudesse ser evitado. Caso o time vire a partida, ainda se ameniza”, afirma Raul, destacando que os atuais donos da camisa número 1 são atletas. “A diferença entre os goleiros do passado e do presente é que eles malham muito, são muito bem condicionados fisicamente. Na minha geração, nós apenas jogávamos futebol. Hoje todo mundo é atleta e alguns jogam bola”.

Segundo Raul, há goleiros espetaculares em atividade, porém citou apenas um como referência no Brasil e no planeta: o brasileiro Alisson Becker, do Liverpool (Inglaterra). Com 27 anos, o gaúcho de Novo Hamburgo faturou praticamente todos os prêmios da posição em 2019 (Troféu Yashin da revista francesa France Football, Fifa The Best para melhor goleiro e Samba de Ouro de melhor brasileiro atuando na Europa). O Campeonato Inglês está parado por conta do novo coronavírus, mas o melhor do mundo não pára de treinar em casa. Há alguns dias Alisson postou um vídeo e escreveu nas redes sociais: “Não deixe que essa pandemia tire o foco dos seus objetivos! São tempos difíceis, mas assim como a prata e o ouro são provados no fogo, assim Deus nos prova nas tribulações”.

Polícia descobre plano de ataque à escola; suspeito queria homenagear autor do massacre de Suzano

A Polícia Civil de São Paulo prendeu hoje (10) um homem de 19 anos suspeito de planejar um ataque a alunos de uma escola no bairro de Americanópolis, na...

Ministério da Saúde receberá 8,2 milhões de doses de vacina até sexta

O Ministério da Saúde receberá até sexta-feira (14) 8,2 milhões de doses de vacinas contra a covid-19. Segundo o secretário executivo do ministério, Rodrigo Cruz, a pasta...

Os dois signos mais intensos no amor e nas relações

Eles amam como ninguém e sem medo. Tal como na astrologia ocidental, na cultura cigana a data de nascimento também pode revelar alguns traços de personalidade dos indivíduos. Os...

Polícia encerra festa com 1.000 pessoas em Conquista

Cerca de 1.000 pessoas que se aglomeravam, em uma festa clandestina, na localidade de Pedra Branca, zona rural de Vitória da Conquista, foram flagradas por equipes da...