Ferida, jovem arrastou irmã morta pelo BDM de matagal até UPA de Pernambués; amiga atraiu vítimas

A menor de 16 anos assassinada por integrantes do Bonde do Maluco (BDM), na madrugada de segunda-feira (26/04), foi arrastada pela irmã de um matagal até a Unidade de Pronto Atendimento de Pernambués.

De acordo com a fonte do Informe Baiano, as duas foram brutalmente espancadas e levaram vários pontos na cabeça. Apesar da luta da irmã mais velha, a adolescente de iniciais L. A. de L. , ex-moradora do Garcia, não resistiu aos ferimentos e morreu pouco tempo depois de receber atendimento médico, por volta das 3h. A jovem que socorreu a irmã continua internada e não corre risco de morte. Outras 4 amigas também foram levadas e espancadas. Elas passam bem e são moradoras de Pernambués, Engenho Velho da Federação, Saramandaia e Garcia.

A ordem para a covardia teria sido dada por um traficante de apelido ‘Vô’. O chefe da quadrilha foi informado que uma das jovens estava tendo um caso amoroso com um policial da Rondesp e passando informações da facção.

Ainda de acordo com a fonte do IB, uma das mulheres, por ordem dos bandidos, atraiu as colegas para a ‘boca de fumo’, onde ocorreu a tortura. Um traficante do Calabar, ex-namorado da vítima fatal, também orquestrou e participou do crime.

Toda ação foi gravada pelos assassinos e postada nas redes sociais. Outros registros também mostram as jovens brincando dentro de um carro e dançando em um motel. Os vídeos não vão ser publicados pelo IB.

Momentos antes, as seis jovens ainda curtiram uma festa de paredão no bairro de Pernambués. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

BDM mata namorada de policial e espanca 5 garotas em Pernambués

Últimas Noticias

São Paulo vence Juventude e agora Bahia só depende de si para não ser rebaixado

As torcidas de São Paulo e Athletico-PR, enfim, respiram aliviadas. A vitória do Tricolor sobre o Juventude, por 3...

Noticias Relacionadas