STJ abre processo contra 7 magistrados baianos acusados de venda de sentenças

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) abriu hoje (6) ação penal contra quatro desembargadores do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) e três juízes estaduais acusados dos crimes demorganização criminosa e lavagem de dinheiro. Com a decisão, todos passam à condição de réus no processo.

Os magistrados e mais oito réus são usados de participar de um suposto esquema de venda de sententas, que operou entre 2013 e 2019, para legitimar a grilagem de terras no oeste da Bahia. Os fatos foram investigados na Operação Faroeste da Polícia Federal (PF).

Além da abertura de processo, a Corte Especial do STJ também decidiu manter o afastamento dos

Covid-19: Brasil registra 2.392 mortes e 115.228 casos em 24 horas

O Brasil chegou a 507.109 mortes por covid-19. Nas últimas 24 horas, foram 2.392 óbitos e 115.228 novos casos. No total, 18.169.881 casos foram confirmados no país....

Plano Safra 2021/2022: agricultura familiar terá R$ 39,34 bilhões

O Ministério da Agricultura realizou hoje (23) um debate virtual para detalhar as medidas voltadas à agricultura familiar previstas no Plano Safra 2021/2022. O segmento terá R$...

MP recomenda ao Município de Jequié adoção de medidas para combater poluição sonora na cidade

O Ministério Público estadual, por meio do promotor de Justiça Mauricio Foltz Cavalcanti, recomendou ao Município de Jequié que adote medidas administrativas para combater a poluição sonora...

Banco Central nega possibilidade de golpe com Pix agendado

Previsto para tornar-se obrigatório a todas as instituições financeiras a partir de 1º de setembro, o Pix agendado é seguro e não permite brechas para golpe, informou...