ACM Neto explica como será ‘lockdown’ nos bairros de Salvador

O prefeito ACM Neto confirmou, nesta quinta-feira (07/05), em entrevista à CNN, que vão ocorrer restrições maiores em bairros de Salvador, a partir de sábado (09/05). O objetivo, de acordo com o gestor, “é tentar evitar o chamado lockdow” e está sendo feita uma “análise setorializada”. Entre os distritos que apresentam números mais alarmantes de coronavírus na capital baiana estão Brotas (115) e Cidade Baixa (85).

Neto explica que a ideia é verificar “a condição de cada bairro” e tomar medidas “mais dirigidas as regiões com maior índice para não ter que fechar a cidade toda”.

“Nesses locais nós vamos impedir inteiramente o comércio, vamos impedir as atividades do comércio informal, a exemplo de ambulantes, feirantes e camelôs. Além disso, vamos restringir toda a mobilidade, vamos fechar ruas, avenidas e diminuir a circulação de automóveis e também do transporte público. Eu diria que essa é a penúltima medida, é a medida que antecede uma medida mais dura e radical, que teria que ser a decretação do lockdow”, afirmou ACM Neto.

O prefeito acrescentou ainda que não se trata de “uma medida punitiva” e vai levar para as regiões “uma série de ações de proteção a vida dessas pessoas”, como por exemplo, teste rápidos, medição de temperatura, distribuição de máscaras para a população, cestas básicas para todos os ambulantes e ainda um conjunto de serviços sociais.

Plataforma, Boca do Rio e Av. Joana Angélica vão ter medidas restritivas mais radicais

Últimas Noticias