Linha de crédito emergencial atinge R$ 495 milhões

A Linha de crédito emergencial do Fundo Constitucional de Financiamento do (FNE) já disponibilizou R$ 495 milhões, segundo relatório do Banco do . Os recursos fazem parte de uma linha especial do FNE para combater os efeitos da Covid-19 e são destinados às empresas localizadas nos estados da área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do (Sudene).

Os R$ 495.416.154,2 foram divididos entre os estados da Bahia (R$ 102,6 milhões), Pernambuco (R$ 80,9 milhões), Ceará (R$ 65,2 milhões), Paraíba (R$ 2,2 milhões), Maranhão (R$ 40,4 milhões), Rio Grande do Norte (R$ 39,9 milhões), Minas Gerais (R$ 36,8 milhões), Piauí (R$ 36,6 milhões), Alagoas (R$ 21,4 milhões), (R$ 18,2 milhões) e Santo (R$ 10,7 milhões).

- publicidade -

As empresas de pequeno porte ficaram com R$ 404,5 milhões, seguida pelas de pequeno médio (R$ 40 milhões), micro (R$ 28,4 milhões), médio (R$ 22,8 milhões) e grande (R$ 100 mil). Os recursos destinados a capital de giro somam R$ 467,8 milhões, enquanto investimentos ficaram com R$ 27,5 milhões. O setor de comércio e serviços já contratou R$ 425 milhões.

Indústria, e Agroindústria estão, respectivamente, com R$ 46,3 milhões, R$ 20,5 milhões e R$ 3,4 milhões. Para o Programa Micro e Pequenas Empresas (MPE) já foram destinados R$ 432,4 milhões.

- Advertisement -

A Sudene disponibiliza em seu site todas as informações relativas à linha emergencial do Fundo Constitucional de Financiamento do (FNE), com orientação sobre o caminho para obtenção de recursos e atualização dos valores liberados.

Caixa anuncia isenção da tarifa para abertura de crédito de pequenas empresas

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou nesta segunda-feira (6) a isenção da cobrança de Tarifa de Abertura de Crédito (TAC) da linha de crédito...

Carteira de Trabalho Digital tem mais de 100 milhões de acessos

Mais de 17 milhões de trabalhadores (17.100) fizeram a Carteira de Trabalho Digital e a utilizam no lugar do documento impresso. Segundo dados da Economia, a versão...

Produtividade não caiu com sistema de home office

A percepção dos executivos sobre os primeiros três meses de home office é de que o período serviu para implodir o mito da perda de comprometimento da...

Isenção de IR para aposentados com doença grave não se estende a trabalhadores ativos

​Em julgamento de recursos especiais repetitivos (Tema 1.037), a Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) fixou a tese de que a isenção do Imposto de...