‘Operação Borri’: investigação feita por policial que morreu de Covid apreende 8 quilos de drogas em Abrantes

Foto ilustrativa

O trabalho realizado pelos policiais do Serviço de Investigação (SI) da 26ª Delegacia Territorial (DT), situada em Vilas de Abrantes, resultou na apreensão de sete quilos de maconha, além de 260 pedras de crack e uma balança de precisão, no sábado (27/06).

De acordo com a fonte do , a investida foi batizada de ‘Operação Borri’, pois todo trabalho de inteligência foi coordenado pelo agente Carlos Borri Neto, que morreu na última quinta-feira (25/06), aos 55 anos, vítima de coronavírus. Foi o último trabalho desenvolvido pelo policial.

Segundo a delegada Danielle Monteiro, as equipes estão realizando buscas para localizar os traficantes que estavam com a droga e fugiram com a chegada dos policiais.

O material apreendido durante a operação será encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde vai ser periciado. “Continuaremos com nossas ações para combater o “, pontuou a titular.

Luto na Polícia Civil: investigador da 26ª DT morre de coronavírus

Projeto de Kannário obriga instalação de câmeras nos coletes dos policiais e em viaturas

O deputado federal Igor Kannário (DEM), apresentou um Projeto de Lei nesta terça-feira (14/07) que torna obrigatório a "instalação de câmeras de vigilância no interior de viaturas,...

Em ocorrências distintas, PRF resgata pássaros sendo transportados irregularmente dentro de ônibus

No combate a crimes contra o meio ambiente, policiais rodoviários federais resgataram 25 pássaros silvestres, na BR 116, trecho do município baiano de Vitória da Conquista. Os...