Deputada quer inclusão de absorventes higiênicos na Cesta Básica

A inclusão de absorvente higiênico íntimo no rol de produtos da cesta básica, no âmbito do estado da Bahia, é o que determina o Projeto de Lei da deputada estadual Olivia Santana. Se aprovado, o texto inclui ainda uma autorização para que o Poder Executivo possa conceder isenção do Imposto sobre Operações Relativas à circulação de mercadorias e serviços – ICMS, do produto em questão.

Em sua justificativa a parlamentar destaca o fato do direito à saúde ser consagrado na Constituição Federal, nos artigo 196 e 197. “A dificuldade de acesso à absorventes higiênicos femininos, por meninas e mulheres em situação de pobreza, revela uma mazela social por muitos desconhecida ou menosprezada, caracterizada pela carência econômica para adquirir esses itens, o que impacta sobremaneira na sua saúde e qualidade de vida”, destacou Olivia.

Olivia finaliza destacando o fato de médicos ginecologistas recomendam a troca do absorvente a cada 6 horas, no máximo. “Meninas e mulheres em situação de vulnerabilidade econômica não possuem condições de fazê-lo, submetendo-se a usar mecanismos não indicados de contenção menstrual, o que representa perigo à saúde”.

A justificativa do PL destaca ainda o fato de ser essa uma demanda objeto de amplo debate na Organização das Nações Unidas, através do projeto Girl Up, um movimento global da Fundação ONU, que inspira e conecta meninas para que sejam líderes e ativistas pela igualdade de gênero.

Brasil confirma 14.318 casos de covid-19 nas últimas 24 horasC

M Nas últimas 24 horas, o Brasil confirmou mais 14.318 casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Na mais recente atualização dos números da doença no país,...

Após imbróglio judicial, Palmeiras e Flamengo empatam em 1 a 1

Após uma batalha jurídica que teve início na sexta-feira (25) e só terminou dez minutos antes do início da partida da tarde deste domingo (27), as equipes...