Geraldo Júnior comemora reabertura dos salões de beleza

Dentre as atividades que vão reabrir na próxima segunda (10), estão incluídos os salões de beleza. Defensor da reabertura desta e de outras atividades comerciais com as medidas de segurança, o presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Júnior (MDB), comemorou o ato.

“Temos trabalhado como uma ‘ponte’ entre os segmentos da economia e o Executivo Municipal. Sim, em primeiro lugar as vidas. Mas muitas pessoas estavam asfixiadas economicamente por essa pandemia. Nosso papel foi de lutar pelos empreendedores”, disse Geraldo Júnior.

Na fase 2 da reabertura do comércio poderão reabrir academias de ginástica e similares; barbearias, salões de beleza e similares; centros culturais, bibliotecas, museus e galerias de arte; lanchonetes, bares e restaurantes. 

Segundo ACM Neto, os leitos de UTI estão com 59% de ocupação.

“Apesar de não ter sido a primeira cidade a registrar os casos, Salvador tornou-se o epicentro da doença na Bahia, mas a capital vem tendo um desempenho extremamente satisfatório. Em 14 de maio concentrávamos 70% dos casos da Bahia e 71% dos óbitos. Conseguimos reduzir isso de uma maneira importante”, frisou o prefeito.

Óleo de coco no cabelo? Fique a par dos benefícios

Não, por vezes não precisa de um produto inacessível para tratar do seu cabelo. Devido à sua capacidade de hidratar, nutrir e prevenir a perda de proteína,...

Prodetur Bahia conclui formação da rede de empreendedores da Baía de Todos-os-Santos

Uma live na noite desta quarta-feira (5) marcou o encerramento do Projeto Rede de Turismo da Baía de Todos-os-Santos (RBTS), que reúne mais de 200 empreendedores da...

Cursos de música do TCA abrem inscrições gratuitas para novas turmas em maio

No mês de maio, o Teatro Castro Alves (TCA) dá a largada de um novo ciclo dos cursos de iniciação ao universo da música sinfônica. O maior...

Com auxílio emergencial, poupança volta a captar recursos em abril

Após três meses de retiradas líquidas, a aplicação financeira mais tradicional dos brasileiros voltou a captar recursos. Em março, os brasileiros depositaram R$ 3,84 bilhões a mais...