Conheça 8 profissões em alta até 2025

O mercado de trabalho está em constante evolução. A demanda de profissões não é mais como antigamente e algumas profissões até deixaram de existir. Ainda assim, outras profissões surgiram e deram espaço para novos profissionais com novas habilidades.

Muitos fatores influenciam para mudanças no mercado de trabalho. Para o trabalhador, é preciso estar sempre acompanhando as tendências para se qualificar e conseguir gerar valor às empresas. Por isso, trouxemos algumas informações que podem ser importantes sobre este assunto.

Mudanças no mercado de trabalho

As mudanças no mercado de trabalho são comuns, pois a cada dia novas tecnologias vão surgindo a fim de otimizar e aperfeiçoar o trabalho feito pelo homem. Por isso, o que torna o trabalhador especial são as habilidades que o fazem humanos.

Estamos em uma era bastante digitalizada, o que torna os modelos de negócio das empresas mais eficientes, além de substituir muitos colaboradores que trabalham roboticamente.

Você consegue perceber que existiram profissões que nem sequer existem mais? Arrumador de pinos de boliche, ator e atriz de rádio e alguns trabalhadores da indústria, ou foram substituídos pela tecnologia ou ficaram obsoletos pelo surgimento de melhores soluções.

Uma hora ou outra, a transformação digital chega em um setor e o quadro de profissões vai se atualizando para se adequar ao novo ritmo. Por isso, é preciso desenvolver habilidades indispensáveis, que tornam o trabalhador um objeto de valor dentro de uma empresa.

As habilidades promissoras para o futuro

Habilidades do futuro são aquelas que asseguram certa estabilidade aos profissionais. Quem se atenta a desenvolvê-las, dificilmente ficará sem trabalho. Conheça mais sobre elas para começar a saber como desenvolvê-las.

1 – Negociação

Ter a sensibilidade de entender as necessidades do cliente é uma habilidade completamente humana. Por isso, quem domina a negociação pode ser valioso para uma empresa.

Seja na parte de vendas ou negociação de termos, é essencial que todos os profissionais desenvolvam essa habilidade.

2 – Inteligência Emocional

Aprender a lidar com as emoções também é habilidade exclusivamente humana, pois só nós somos capazes de sentir, o que nos torna sensíveis. No entanto, essa capacidade de sentir pode ser prejudicial para quem não sabe gerir suas emoções.

Desenvolver a inteligência emocional ajuda pessoas a serem capazes de agir com razão, tomar melhores decisões e, com isso, gerir bem suas responsabilidades, além de ajudar no relacionamento com outras pessoas.

3 – Inteligência Interpessoal

Saber lidar com relacionamentos, sejam eles profissionais ou pessoais, é extremamente importante para o mercado de trabalho do futuro. As boas relações são o que constroem empresas mais sólidas e os recrutadores estão em busca de pessoas que se relacionam bem com as outras.

4 – Criatividade

Criatividade não é só para artistas. Todo mundo que tem um problema, precisa de criatividade para encontrar as melhores soluções. Este processo de combinação de repertório pode ser feito por uma máquina, mas ela não terá a sensibilidade necessária para utilizar a criatividade de maneira eficiente.

Criatividade também não é dom, mas sim uma habilidade que se aprende e se treina. Por isso, todos os profissionais que querem se diferenciar no mercado de trabalho, tanto no presente quanto no futuro, precisam se atentar ao aprendizado criativo.

5 – Inteligência Tecnológica

É certo que a transformação digital pode tirar muitos empregos, tornando-os obsoletos. Por isso, profissionais que desejam se sair bem no mercado de trabalho precisam desenvolver a inteligência de quem domina estas máquinas.

Aprender a dominar as novas ferramentas que surgem pode ser um grande diferencial para trabalhadores. Mesmo em uma empresa digitalizada, é preciso de humanização nos processos e quem sabe se relacionar bem com a tecnologia sai na frente.

6 – Autodidatismo

A habilidade de aprender é essencial para o mercado de trabalho. Ela não é somente uma habilidade, como também um hábito. É preciso estar em constante aprendizado para se adaptar ao mercado e os autodidatas tem muita vantagem por se interessarem em aprender mesmo que sozinhos.

Nem sempre é possível ter um professor para ensinar tudo que precisamos. O autodidata tem a capacidade de pesquisar e entender sobre um assunto, sem que para isso tenha orientação particular. Se você aprende a se educar, encontra um mundo de possibilidade de novos aprendizados.

7 – Resiliência e adaptabilidade

Como o mercado está sempre mudando, é preciso saber se adaptar ao novo com mais agilidade. Por isso, quanto mais resiliência e adaptabilidade o profissional tem, melhores serão os resultados no começo, dando grande vantagem a frente de seus colegas de profissão.

Embora esta seja uma habilidade da inteligência emocional, ela também diz respeito ao autodidatismo, inteligência interpessoal, criatividade e outras habilidades citadas acima. Por isso, é importante saber utilizar todas estas habilidades em conjunto para obter melhores resultados.

Com todas estas e algumas outras habilidades, o profissional tem grandes chances de se preservar como útil ao mercado de trabalho. Veja agora
algumas profissões em alta até 2025.

Profissões em alta até 2025

1 – Gestor de conteúdo

Atualmente o marketing das empresas tem se voltado para o conteúdo. Uma das formas de fomentar o mercado e incentivar o consumo é mostrando aplicação prática para produtos e serviços e ajudando o cliente a ter sucesso em seus objetivos.

A criação de conteúdo é a forma de fazer isso no mercado. Muitas empresas estão investindo em hospedagem de sites para criarem blogs capazes de receber clientes e captar leads que vão consumir conteúdo e se interessar pelo que a marca tem a oferecer.

Um especialista em conteúdo ajuda na curadoria dos assuntos, encontrando a melhor maneira de transmitir informações, passando pelo copywriting e aumentando o alcance da empresa pela internet.

Um gestor de conteúdo pode trabalhar tanto em blogs, quanto em redes sociais. Atualmente existe espaço para esta profissão em sites, blogs, Instagram, Facebook, Youtube, entre outras redes sociais.

2 – Estrategista de Marketing digital

O estrategista é responsável por encontrar a melhor abordagem para uma empresa ter presença nos meios digitais. Ele vai reconhecer, de acordo com o mercado, quais as melhores formas de se expor na internet.

Um bom estrategista sabe também escolher bons serviços, como servidores de hospedagem de sites para blogs, ferramentas pagas que ajudam na eficiência, trazendo assim melhor aproveitamento no segmento digital da empresa.

A era atual exige que empresas estejam online e passem também por uma transformação digital. No que diz respeito ao marketing, muitas empresas devem se preocupar com este quesito para aumentarem o alcance da sua marca.

3 – Motoristas de aplicativo

Mesmo com a pandemia ameaçando este mercado, ele é muito promissor para o futuro. As pessoas estão cada vez mais repensando a necessidade de ter um carro na garagem e chegando à conclusão de que, financeiramente e por conveniência, é melhor utilizar este tipo de transporte para atender aos seus compromissos.

Atualmente existem muitos aplicativos que oferecem este serviço e os motoristas podem se cadastrar para começarem a fazer corridas. Com um ritmo cada vez mais intenso, as pessoas tendem a terceirizar também atividades como dirigir, para que elas possam ir no banco de trás trabalhando ou se distraindo no celular.

4 – Desenvolvedores de aplicativos

Muitos aplicativos mudaram a rotina de consumo das pessoas. Cada vez mais se encontram aplicativos que resolvem problemas e este é um mercado que tende a crescer, tanto para os criadores quanto para os desenvolvedores de apps.

Estes profissionais também conhecem muito sobre hospedagem de sites e outras formas de oferecer um aplicativo ou site que garante uma boa experiência ao cliente.

Veja alguns aplicativos que mudaram completamente a forma de consumir das pessoas hoje em dia:

AirBnb
iFood
Uber
Picpay
Spotify
Audible
Kindle
Apps de bancos
Jogos (Pokemon GO é um bom exemplo)
Netflix

Por isso, profissionais que possuem conhecimento na área podem desenvolver novas soluções que, se bem aceitas, acabam viralizando, como os exemplos acima.

5 – Engenheiro de Cibersegurança

Como as pessoas cada vez mais estão deixando seus dados online, é preciso que haja segurança para protegê-los. Muitas empresas são vítimas de ataques de hackers e é preciso de profissionais competentes para prever brechas que garantem a segurança do usuário.

Um incidente neste setor pode causar muito prejuízo a empresas. Por isso, é importante investir em profissionais da área, principalmente em empresas que já estão com o processo de digitalização avançado.

6 – Representante de vendas

Esta é uma profissão sempre em alta. A habilidade de vender e negociar é importantíssima para um profissional. Além disso, sabe-se que uma boa empresa não sobrevive sem bons resultados em vendas.

Vender é o que gira a roda de uma empresa. Por isso, é super importante que uma marca invista em uma boa equipe de vendas para entregar os melhores resultados.

O vendedor é insubstituível, pois tem a sensibilidade de entender as necessidades do cliente e oferecer soluções que ajudam a resolver problemas.

7 – Especialista de Customer Success

Uma das coisas que garantem a boa imagem de uma marca é o sucesso do cliente. Se uma empresa não resolve os problemas do cliente acaba com má reputação por não entregar o que promete.

O especialista em Customer Success encontra uma maneira de adequar o produto ou serviço da empresa às necessidades do cliente. Assim é possível oferecer melhores resultados para clientes.

8 – Consultor de Investimentos

As pessoas estão cada vez mais conscientes da necessidade de se educar financeiramente. Com isso, muitas delas se mostram interessados em aprender sobre investimentos para garantirem seu patrimônio no futuro.

Por isso, os consultores de investimentos são profissões que estarão em alta nos próximos anos. Mesmo com bastante conteúdo na internet, muita gente prefere ajuda profissional para escolher produtos financeiros. E com o surgimento de novas corretoras há muita demanda de profissionais do ramo.

Como se adequar ao mercado de trabalho

Para profissionais, a melhor forma de se adequar ao mercado de trabalho é desenvolvendo as habilidades do futuro citadas mais acima. Quanto mais habilidades humanas eles tiverem, melhores são as chances de conseguir boas oportunidades em vagas futuras.

Contudo, é importante também que os profissionais fiquem atentos às suas carreiras, buscando se atualizar das tendências do setor e saber quais são os riscos que correm com os avanços da tecnologia.

Já para empresas, é preciso que elas entendam a necessidade de se começar uma transformação digital em seus negócios. Repensar o modelo e utilizar a tecnologia para ter mais eficiência e alcance é fundamental para que marcas sobrevivam às mudanças tecnológicas, que acontecem cada vez mais rápido.

Por isso, é recomendado que se comece devagar, contratando uma hospedagem de sites e criando uma plataforma online para melhorar a experiência do cliente.

Depois pode se pensar em Workplaces para organizar e gerir a equipe online, além de outras formas de digitalização de uma empresa, dependendo do setor de cada uma.

A seguir elencamos algumas dicas para melhorar a sua qualificação profissional e estar sempre preparado para o o futuro.

Desenvolva novas habilidades
Aprenda a fazer networking
Descubra como você pode ser útil
Ajude sem pensar em receber algo em troca
Cuide da sua saúde física e mental
Pratique exercícios
Faça planos e estipule metas
Aprenda com profissionais da sua área
Tenha tempo para cuidar da sua vida pessoal
Aprenda sobre novas tecnologias

Conclusão

Existem muitas outras profissões que estarão em alta até 2025. Ainda assim, é importante que as pessoas se atentem às habilidades do futuro para que assim garantam maior empregabilidade e que sejam capazes de contribuir com o mercado no futuro.

A transformação digital vai muito além de contratar uma hospedagem de sites, criar um site ou ter um perfil em uma rede social, embora tudo isso seja muito importante. Ela se refere ao uso da tecnologia para deixar negócios mais eficientes e com maior alcance.

Por isso, é extremamente necessário entender que as profissões do futuro estão ligadas à essa transformação e à evolução do profissional como ser humano. As habilidades humanas são a única coisa que a máquina não é capaz de substituir e, mesmo em casos de inteligência artificial, é quase impossível que esta seja a realidade algum dia.

Gostou de saber um pouco mais sobre as profissões em alta para os próximos anos? Deixe o seu comentário ou dúvida e compartilhe este conteúdo com mais pessoas que possam se interessar por estas informações.

Últimas Noticias

Sepse será mais fatal do que câncer e ataque cardíaco, alertam médicos

A sepse é uma resposta sindrômica à infeção e frequentemente culmina em morte, ocorrendo como consequência final de múltiplas...