Abílio ironiza Bolsa Família e aplaude medida de Bolsonaro que estende Auxílio

O deputado federal Abílio Santana (PL-BA) rebateu, nesta terça-feira (01/09), as críticas da oposição ao governo Bolsonaro sobre o valor do Auxílio Emergencial estendido até o final do ano. O anúncio foi feito pelo presidente da República.

“Tenho visto a oposição criticar a ampliação até o final do ano do Auxílio Emergencial no valor de R$ 300 reais. Se vocês acham que 300 reais é pouco, o que me dizem do Bolsa Família? Que pra mim é Bolsa Miséria, Bolsa Calamidade. Míseros 80 reais, deixados pelo governo do PT. A oposição não se cansa de jogar para a platéia de forma irresponsável. Deus tá vendo, eles fazem das dificuldades do povo um verdadeiro palco político”, disse, ironizando ainda o valor pago pelo Bolsa Família. O auxílio é voltado à pessoas prejudicadas com a crise do novo coronavírus.

O parlamentar afirmou, ainda, que é preciso ter zelo e cuidado com as contas públicas. “É óbvio que precisamos considerar a necessidade do população brasileira de baixa renda, mas não podemos fechar os olhos para as responsabilidades fiscais e econômicas do nosso país. O custo do auxílio emergencial para os cofres públicos já supera R$ 254 bilhões. Cada nova parcela de R$ 600 teve custo estimado de R$ 50 bilhões por mês. É muito dinheiro. O governo federal têm tentado buscar um equilíbrio, sem populismo barato, mas com muita sensibilidade e sensatez”, finalizou.

Últimas Noticias