Parceria entre Sudesb e Corpo de Bombeiros vai garantir piscinas em unidades da corporação

Duas instalações do Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros, em Salvador e em Simões Filho, serão as primeiras a ganhar piscinas semiolímpicas, numa parceria entre a corporação e a Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte. Na capital, a unidade fica no bairro de Amaralina (espaço onde funcionava a Escola Cupertino Lacerda), enquanto no município da região metropolitana funciona na unidade do Departamento de Ensino e Pesquisa (DEP).

A licitação das duas obras encontra-se em fase final de preparação pela autarquia do esporte para lançamento já nos próximos dias. A construção dos equipamentos e implantação de projetos sociais em unidades operacionais do Corpo de Bombeiros foi a pauta de encontro, realizado nesta quinta-feira (3), entre o diretor da Sudesb, Vicente Neto, e o comandante geral da corporação, coronel Francisco Luiz Telles de Macedo.

Outros quatro municípios do interior também irão receber este tipo de investimento esportivo. “Vejo como muita positiva esta parceria. Em futuro próximo, entregaremos à sociedade baiana mais esses dois equipamentos aquáticos, os primeiros de uma série de intervenções esportivas que a Sudesb e o Corpo de Bombeiros vêm formatando para serem executados no estado”, informa o diretor Vicente Neto.

Também satisfeito com o andamento da parceria, o coronel Telles destaca o interesse em viabilizar a ocupação dos espaços para treinamento da corporação, mas também atender a sociedade com projetos sociais. “Com o funcionamento da piscina, no 13º GBM- Grupamento Marítimo, em Amaralina, poderemos atender com projetos crianças, jovens e idosos do Nordeste de Amaralina e Santa Cruz, por exemplo. Em Simões Filho também iremos desenvolver projetos sociais”, afirma o coronel, referindo-se a aulas de natação e hidroginástica.

Estrutura

O investimento nos dois equipamentos é estimado em R$1,3 milhão, estando prevista a construção das duas piscinas semiolímpicas (12,5 x 25m, com profundidades entre 1,60m e 3m), vestiário, arquibancada com três degraus, iluminação em led, pavimentação e paisagismo. O recurso para construção dessas duas piscinas e outras que estão sendo projetadas é proveniente do Fundo Estadual do Corpo de Bombeiros da Bahia (Funebom).

Além do diretor da Sudesb e do comandante-geral, participaram da reunião, dentre outros, o diretor de Operações da autarquia do esporte, Marcos Andrade, o comandante e o subcomandante do Grupamento Marítimo, tenente-coronel Ricardo Bernardes Frank e capitão Luciano Alves, respectivamente.

Causa da morte de Sean Connery é revelada por autópsia

Quase um mês depois do 'adeus' a Sean Connery, foram divulgados publicamente os relatórios da autópsia que dão conta de qual a causa da sua morte. O...

Última semana para inscrições do Fazcultura 2020

As inscrições para propostas culturais a serem apoiadas pelo Programa Estadual de Incentivo ao Patrocínio Cultural (Fazcultura) será encerrada na próxima terça-feira (1º). As inscrições podem ser...

Iza aposta em look de R$ 13 mil em nova fase do ‘The Voice’

A noite dessa terça-feira (24) ficou marcada pela nova fase do programa ‘The Voice Brasil’, sendo o primeiro que foi apresentado ao vivo. Para a ocasião mais...

Daniel Rios pede inclusão de músicos regionais no Festival da Virada

O vereador Daniel Rios (Patriota) alertou a gestão de Salvador sobre a perda da oportunidade de ajudar artistas e bandas locais. O legislador e músico refere-se ao...