Quais os 3 signos mais emotivos do zodíaco? Confira

A sensibilidade de cada pessoa varia conforme a sua personalidade, experiências de vida, humor e estado emocional. Por vezes, o nível de emotividade pode ser afetado por elementos como a alimentação, insônias ou stress. Porém, de acordo com o portal Astro Centro, há outras situações que também podem impactar em nossa sensibilidade. O que? O signo do zodíaco. Confira abaixo os três mais sensíveis:

Peixes

Sentem as emoções com demasiada intensidade e muito profundamente. Preocupam-se muito com o bem-estar dos outros, sobretudo dos amigos e família. O que os torna em verdadeiras ‘esponjas emocionais’, absorvendo as emoções e os sentimentos alheios. Deixam-se afetar com uma facilidade assustadora e prejudicial para eles próprios.

Câncer

É um signo muito ligado às suas próprias emoções, mas também é bastante empático. Ou seja, sente tudo: tristeza, raiva, alegria, rancor, etc. E chora com bastante felicidade, basta pensar nos filhos, no cão, ouvir aquela música especial ou ver o por do Sol.

Escorpião

Super sensível e intuitivo. Várias situações lhe incomoda, desde barulho, desarrumação e que os destabilize. Esconde bem, e até aparenta ser forte por fora, mas o signo de Escorpião é uma ‘tempestade de emoções’ e de sentimentos. Não chora com facilidade, porém explode facilmente.

Leva os problemas do trabalho para casa? Isso afeta a sua vida sexual…

Homens e mulheres que levam os problemas do escritório para casa podem ter problemas na vida sexual, diz um novo estudo que afirma que o prazer sexual...

Três maneiras surpreendentes de perder peso durante o sono

De acordo com um estudo do Instituto Salk, citado pela Eat This, Not That!, uma maneira de reduzir a ingestão de calorias pode ser simplesmente dormir mais. Assim,...

Alerta gulosos! Tarte de limão merengada feita em meia hora

Hoje apresentamos um doce simples, mas totalmente delicioso. E o melhor? Só precisa de seis ingredientes e de 30 minutos. Vale a pena experimentar! Aprenda a preparar esta...

Ansiedade pode estimular e acelerar o início da doença de Alzheimer

Um novo estudo aponta que a ansiedade está associada a um aumento da taxa de progressão do deterioramento neurológico, desde o comprometimento cognitivo considerado ligeiro à instalação...