Morre, aos 81 anos, o ator e diretor Emílio Di Biasi

Morreu, neste domingo, 27, o ator e diretor paulistano Emílio Di Biasi. Segundo informações divulgadas por amigos nas redes sociais, ele lutava há pelo menos sete anos contra o Mal de Alzheimer.

Nascido em 1939, ele estreou nos palcos oficialmente em 1961, com o Teatro Oficina, em montagem do texto José, do Parto à Sepultura, de Augusto Boal, sob direção de Antônio Abujamra.

- publicidade -

Dois anos depois, ele fundou o Grupo Decisão, ao lado de Abujamra, Antônio Ghigonetto, Berta Zemel, Wolney de Assis e Lauro César Muniz. Dessa época, peças como O Inoportuno, de Harold Pinter, estiveram entre suas atuações mais marcantes.

Nos anos seguintes, ele teve contato, como estagiário, com grupos como Piccolo Teatro di Milano e Berliner Ensemble. O encenador e dramaturgo americano Bob Wilson firmou-se como uma de suas principais referências.

Entre os anos 1980 e 1990, Emílio fez participações no cinema, incluindo três filmes de Carlos Reichenbach. Ao longo da carreira, comandou oficinas de atores da Rede Globo, codirigindo também, na mesma emissora, novelas como Renascer e O Rei do Gado.

Por sua atuação na peça Um Passeio no Bosque, de Lee Blessing, em 1999, Emílio ganhou o Prêmio Shell de melhor ator.

Camaçari: prefeitura intensifica serviços de revitalização da sinalização viária

A Prefeitura de Camaçari, por meio da Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT), prossegue com ações para garantir maior segurança aos pedestres e motoristas que diariamente...

Número de novos brasileiros com green card nos EUA bate recorde

O número de brasileiros obtendo o chamado green card nos Estados Unidos tem batido recorde, mostram dados do governo americano. Os números de 2020, que será o último...

Operação em São Cristóvão apreende R$50 mil em cocaína e R$15 mil em espécie

Uma ação conjunta das polícias Militar e Civil apreendeu 1,5 kg de cocaína e R$ 15 mil em espécie, na tarde deste sábado (28/11). O flagrante envolveu...

Ministério da Saúde não prevê vacinar toda a população em 2021

O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira, 27, que não prevê vacinar toda a população brasileira contra a covid-19 em 2021. A pasta cita a dificuldade mundial...