Pablo Barrozo ganha maior premiação do turismo nacional

O secretário de Cultura e Turismo de Salvador, Pablo Barrozo, entrou para a lista dos 100 Mais Poderosos do Turismo – o maior reconhecimento do turismo nacional oferecido pela Revista Panrotas, especializada do setor. A publicação destaca quem fez a diferença durante a pandemia e foi lançada nesta quarta-feira (30/09).

Somente dois gestores municipais estão na lista dos premiados: Pablo Barrozo e Gilmar Piolla, secretário de Turismo de Foz do Iguaçu.

“Esse prêmio é reflexo do trabalho, união e resiliência de toda equipe da Secult que nesse período pandêmico se dedicou, ainda mais. Inclusive, já tivemos resultados positivos para o turismo. Prova disso é que Salvador é o primeiro destino turístico escolhido por turistas que pretendem viajar após o isolamento social”, ressaltou o secretário.

Com apenas cinco meses à frente da pasta, Barrozo vem se destacando pela sua atuação durante a pandemia, desenvolvendo um plano de ação para curto, médio e longo prazo. Inclusive, algumas destas ações, a exemplo do Centro de Recuperação do Turismo (CRT), que virou um case de sucesso, vem sendo apresentado como experiência exitosa para outras localidades.

Vale destacar, a criação do Selo Verificado para certificar os estabelecimentos turísticos que cumprirem os protocolos estabelecidos pela Prefeitura em combate à pandemia; e a adesão ao selo Safe Travels, reconhecido mundialmente, criado pelo WTTC, o Conselho Mundial de Viagens e Turismo. Salvador foi a primeira cidade do país a receber este selo.

O secretário ainda destacou a criação da Agência de Fomento para negócios do turismo; a capacitação de sete mil profissionais do turismo, entre trabalhadores informais e funcionários de empresas e formação de instrutores em locais de trabalho; e o site de marketplace para impulsionar as agências de turismo.

Campanhas – As ações e campanhas da Prefeitura de Salvador, executadas pela Secult, viraram referência de boas práticas na manutenção da imagem do destino no período mais crítico da pandemia e na retomada das atividades turísticas na cidade.

“Nossas campanhas contribuíram para que Salvador ficasse no imaginário das pessoas. Começamos pela ‘Visite Depois’, mostrando que a cidade estava se recolhendo. Em julho, lançamos ‘Uma saudade chamada Salvador’ que viralizou mundialmente. Nossa recente campanha, ‘Vem, meu amor’, mostra que Salvador está preparada para receber turistas de uma forma segura, cumprindo os protocolos sanitários exigidos pela Organização Mundial de Saúde”, disse.

A premiação – A décima edição da lista dos 100 Mais Poderosos do Turismo Panrotas foi dividida, este ano, em segmentos: União e Articulação, demonstrando a importância das entidades; Política, mostrando que a intervenção pública em crises agudas é fundamental; Conteúdo e Mobilização, com informações embasadas e norte para o Turismo e os viajantes; Tecnologia; Prontos para a Retomada, com os líderes de empresas; e A Força dos Agentes de Viagens com exemplos de agentes de viagens, operadores e consolidadores.

Secult lança prêmio para Pontos de Cultura pelo Programa Aldir Blanc Bahia

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), através da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult) lança, nesta quarta-feira (21), mais um edital do Programa...

Estado renova contrato com o HCC e assegura 40 leitos Covid-19 em Vitória da Conquista

O Governo da Bahia renovou o contrato com o Hospital de Clínicas de Conquista (HCC), no sudoeste da Bahia, por até 180 dias, mantendo à disposição do...